O tráfego de veículos no Elevado da Bandeira em Chapecó, no Oeste do Estado, deve ser liberado até o final de abril. O prazo para entrega da obra, segundo o contrato, é junho. A obra tem investimento do governo de Santa Catarina, de mais de R$ 30 milhões.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total 

A execução do elevado está ao encargo da prefeitura, que recebeu recursos por meio da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (SIE).

A empresa responsável pela obra segue executando a pavimentação, iluminação central, barreiras de concreto e sarjetas. Segundo, Jerry Comper, secretário de Infraestrutura e Mobilidade, “esse elevado é uma obra estratégica para dar mais segurança e levar mais desenvolvimento à Capital do Oeste”.

São quase dois quilômetros de intervenção, começando na chamada Curva da Morte, na BR-480, e se estendendo até o Shopping Pátio Chapecó, na Avenida Fernando Machado. O elevado tem duas faixas de rolamento no sentido Centro de Chapecó e outras duas no sentido BR-282.

Continua depois da publicidade

Na parte inferior da estrutura haverá acesso para a avenida Leopoldo Sander e vias marginais, além de faixa de pedestres para dar mais segurança à população. O projeto também contempla ciclovia, passeio e nova iluminação. Segundo dados da prefeitura de Chapecó, são mais de 20 mil veículos que trafegam diariamente pelo acesso Plínio Arlindo de Nes, ligando a cidade ao trevo da BR-282.

Leia também

Temperaturas sobem, mas avanço de frente fria traz temporais para SC nesta quarta-feira

Túnel da Rua Samuel Morse será interditado para duplicação da BR-470 em Blumenau

Destaques do NSC Total