As hospedagens na Serra catarinense já registram aumento no número de reservas para o final de ano, em especial entre o Natal e o Ano Novo. O fluxo é de visitantes que buscam fugir das filas e movimentação no litoral.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Inclusive, é do litoral que vem boa parte dos hóspedes de uma hospedagem em Rancho Queimado. Segundo Reginaldo Boeira, dono do Rancho Otto Chalet Boutique, em comparação com 2022, a hospedagem teve mais de 50% de aumento nas reservas para o final deste ano.

— Os turistas são, em grande parte, de cidades aqui do Estado, como Florianópolis, Itapema e Balneário Camboriú. Em comparação com o ano passado, as reservas começaram ainda mais cedo e os casais procuram um local onde possam viver experiências a dois, longe de trabalho e família —, comenta Boeira.

Lista inédita do Airbnb revela as casas preferidas dos hóspedes em SC

Continua depois da publicidade

Mesmo com o aumento na procura, ainda há datas disponíveis na hospedagem. As diárias partem de R$ 400 e podem ultrapassar os R$ 1 mil, dependendo do período do ano e também dos dias da semana escolhidos.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a ocupação hoteleira na Serra catarinense foi maior, este ano, na Páscoa (71,5%) e no feriado de Tiradentes (70%).

Leia também

Chalé na Lagoa e loft no Campeche: 5 hospedagens em Florianópolis favoritas dos hóspedes

A pacata cidade de SC que recebeu a primeira reserva no Airbnb desde a pandemia

FOTOS: Conheça as casas do Airbnb em Florianópolis mais desejadas por brasileiros

Destaques do NSC Total