Frio e tensão até o último lance. Assim é possível resumir o duelo entre Blumenau e Santo André-SP nesta sexta-feira (14), no Ginásio Sebastião Cruz, o Galegão. A partida que abriu os playoffs das quartas de final da Liga de Basquete Feminino (LBF) foi decidido depois de zerar o cronômetro, na linha de lance livre. E quem levou a melhor foi o time visitante, que venceu por 64 a 63.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

A equipe paulista liderava o placar por 64 a 62, quando no último lance do jogo, a ala Leila, de Blumenau, foi empurrada pela adversária na tentativa do arremesso e foi para a linha do lance livre, já com o relógio zerado. A camisa 16 de Blumenau converteu o primeiro arremesso, incendiando o ginásio, que vivia a expectativa da prorrogação. Porém, com um erro a segunda tentativa, as visitantes ficaram com a vitória.

A ala-armadora Tássia, de Santo André-SP, foi a cestinha do jogo, com 24 pontos. Pelo lado de Blumenau, a maior pontuadora foi a pivô Lê, com 15. As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (19), às 19h30min, dessa vez no ABC paulista, pelo segundo jogo da série. Em caso de nova vitória do time paulista, ele avança às semifinais. As blumenauenses precisam vencer para forçar o terceiro e decisivo confronto da série, que está programado para ocorrer na sexta-feira (21), novamente no Ginásio Laís Elena, em Santo André (SP).

O jogo

O duelo no Galegão começou marcado pelo equilíbrio nos primeiros lances. Mas logo as visitantes conseguiram abrir vantagem no placar. Chegaram a ter 14 pontos de frente ao longo do 1º período de jogo. A ala Tássia, que já defendeu Blumenau há duas temporadas, começou o jogo quente. A camisa 30 de Santo André-SP foi a mais acionada no ataque, marcando 13 dos primeiros 15 pontos da equipe.

Continua depois da publicidade

Do lado de Blumenau, as donas da casa buscavam o trabalho coletivo na hora de atacar, rodando a bola em busca do desequilíbrio da defesa adversária, mas sofriam com os erros na finalização das jogadas, parando no aro. Assim, o 1º quarto terminou com as paulistas liderando o placar por 22 a 11.

Blumenauense José Alexandre faz história e é bronze no Mundial de Atletismo Paralímpico

O cenário começou a mudar no 2º quarto. Com melhor aproveitamento no ataque e mais ajustadas na marcação, as blumenauenses entraram no jogo e conseguiram reduzir a desvantagem no placar para quatro pontos, após lance individual da pivô Sil, que deixou o placar em 22 a 18 para as paulistas. A partir daí, os dois times passaram a trocar cestas.

basquete-feminino-blumenau-santo-andre-playoffs-2
Pivô Sil converte bola que recolocou a equipe de Blumenau no jogo (Foto: Vitor Bett, BFB, Divulgação)

O panorama mudou quando Lays e Tássia converterem duas bola de três pontos seguidas para Santo André-SP, colocando as visitantes 12 pontos à frente no placar: 30 a 18. Após um pedido de tempo da técnica Bruna Rodrigues, as blumenauenses conseguiram uma reação e reduziram a desvantagem para quatro pontos. O 2º quarto terminou com placar 33 a 29 a favor do time paulista.

Três vezes em que os prédios de BC balançaram com o vento; veja vídeos

A volta do intervalo foi marcada por erros dos dois times nos minutos iniciais do 3º quarto. As donas da casa mostraram concentração e conseguiram baixar a diferença para um ponto. Os ânimos esquentaram e as equipes passaram a trocar cestas. As blumenauenses tiveram algumas oportunidades de assumir a liderança do placar, mas erraram os arremessos. Assim, o time paulista manteve a liderança por 46 a 44 após o toque da campainha.

Continua depois da publicidade

basquete-feminino-blumenau-santo-andre-playoffs-3
Jogo foi marcado pelo equilíbrio até os segundos finais (Foto: Vitor Bett, BFB, Divulgação)

O último e decisivo período começou quente, com a pivô Lê, de Blumenau, convertendo um arremesso e empatando o jogo. A partir de então, a partida foi marcada pelo nervosismo e tensão. Os dois times passaram a abusar das falhas e, ao mesmo tempo, se revezavam na liderança parcial do placar.

Após ciclone, temperaturas ficam abaixo de 0°C em cidades de SC; veja previsão

A partida foi decidida nos segundos finais, com uma bola convertida pela pivô Sassá. Blumenau ainda teve uma posse, onde a ala Leila foi derrubada pela marcadora e foi para a linha do lance livre, com a chance de empatar o jogo. Porém, com o erro do último lance livre da camisa 16 de Blumenau, vitória ficou com o time paulista: 64 a 63.

Leia outras notícias de Esportes

O duelo em Blumenau na gélida noite de sexta-feira (14) abriu os playoffs da LBF 2023. Os outros três confrontos terão jogos ao longo do fim de semana.

Veja os outros confrontos das quartas de final:

  • (1º) Sesi/Araraquara-SP x (8º) Ituano-SP
  • (2º) Sampaio Corrêa-MA x (7º) Mesquita-RJ
  • (3º) Campinas-SP x (6º) Catanduva-SP

Continua depois da publicidade

No sábado (15), às 18h, Ituano-SP e Araraquara-SP se enfrentam no Ginásio Prudente de Moraes, em Itu (SP). No domingo (16), às 17h, outro duelo entre equipes paulistas: Catanduva-SP e Campinas-SP jogam no Ginásio Auar Pachá, em Catanduva (SP).

A primeira rodada das quartas de final encerra na segunda-feira (17), às 19h30min, quando a equipe do Mesquita-RJ recebe a atual campeã, o Sampaio Corrêa-MA, na Arena Sodiê, na Baixada Fluminense.

Leia mais:

Quem é Baianinho de Mauá, o “rei da sinuca”, que empresa de Joinville vai patrocinar

Atual campeão, Lucas Borba chega para Brasileiro de Downhill “em casa” com mala cheia de títulos

Neymar de saída do PSG? Vídeo mostra craque treinando em Paris, mas destino pode ser outro

Destaques do NSC Total