nsc
an

SEM CALENDÁRIO

Joinville caiu da Série A à D em seis anos e fica fora de competições nacionais em 2022

Sem vaga na D do próximo ano, Coelho busca classificação para a Copa do Brasil

05/10/2021 - 09h45 - Atualizada em: 05/10/2021 - 09h53

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
Joinville foi eliminado pelo Uberlândia na Série D deste ano
Joinville foi eliminado pelo Uberlândia na Série D deste ano
(Foto: )

Em seis anos, o Joinville Esporte Clube foi da glória da Série A em 2015 à eliminação nos pênaltis para o Uberlândia (MG) no último domingo (3) pelo Campeonato Brasileiro da D. Com o resultado, o clube está fora das competições nacionais em 2022. 

​> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Campeão da Série B em 2014, o JEC disputou pela primeira vez em sua história a primeira divisão do Campeonato Brasileiro no formato de pontos corridos. Finalista do Campeonato Catarinense por três anos consecutivos entre 2014 e 2016, o JEC buscava consolidação também em nível nacional. Em 2015, além do Joinville, Avaí, Chapecoense e Figueirense participaram da Série A.

Com apenas 31 pontos somados, a equipe do Norte do estado amargou a lanterna da competição durante a maior parte do campeonato, e a queda ao fim da 38ª rodada foi inevitável. Avaí, Goiás e Vasco foram os outros três rebaixados.

O que o torcedor tricolor não esperava era despencar da primeira para a quarta divisão nacional de forma tão abrupta. Em quatro temporadas, o JEC saiu da elite do futebol brasileiro para a última divisão do país.

Para piorar, a equipe não conseguiu garantir calendário na Série D do Campeonato Brasileiro de 2022 pela campanha no estadual. Com isso, o tricolor não terá divisão nacional para disputar no próximo ano.

O foco, agora, passa a ser a Copa Santa Catarina. Se for campeão, o JEC garante, ao menos, uma vaga na Copa do Brasil de 2022. Com apenas um ponto somado, a equipe comandada pelo técnico Leandro Zago ocupa a lanterna da competição.

Com informações de ge.

Leia também

Motorista de caminhão perde o controle e bate em carro parado na Serra Dona Francisca

Liminar vai levar prefeitura de Joinville a economizar R$ 800 mil por ano

Colunistas