nsc
    nsc

    O DESAFIO DE SER MÃE

    Equilibrando a carreira e a maternidade, Tânia é um exemplo de mãe contemporânea

    Aos 21 anos, enquanto frequentava a faculdade, Tânia descobriu a gravidez de sua filha Fernanda

    04/05/2021 - 16h08

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Para Tânia, maternidade é educar, cuidar e orientar
    Para Tânia, maternidade é educar, cuidar e orientar
    (Foto: )

    Naturalmente, a maternidade já é um desafio. As responsabilidades são muitas e, na maioria das vezes, não são as únicas que uma mulher precisa lidar. A administradora Tânia Durigon, viveu essa experiência. Foi mãe aos 21 anos, quando ainda cursava a faculdade em Curitiba, no Paraná.

    — Foi uma surpresa. Fiquei feliz, e ao mesmo tempo sentia um frio na barriga, por não saber se era capaz de assumir a responsabilidade de ser mãe. Mas, a partir do momento que eu tive a minha filha em meus braços, amamentei pela primeira vez, foi uma experiência maravilhosa — conta a administradora.

    Tânia viveu o que muitas jovens mães vivenciam, o medo de não ser uma boa mãe. Ela lembra que em uma consulta com o pediatra recebeu um conselho que levou para a vida. — Falei chorando para o pediatra da minha filha que achava que eu não teria condições de criá-la. Ele me respondeu: Quando você não souber o que fazer, vai pelo instinto. Porque mãe, mesmo errando, acerta — compartilha a mãe.

    Quando a filha Fernanda tinha dois anos, Tânia retornou com a família para a cidade natal, Joaçaba, na região Centro-Oeste de Santa Catarina. — Eu tenho muitas boas recordações da infância da minha filha. Nós passávamos muito tempo juntas. Onde eu estava, a Fernanda estava junto. Na fazenda, brincando na horta, andando a cavalo... Lembro dela com as amigas, desfilando com minhas roupas, se maquiando. São lembranças muito boas, muito alegres e prazerosas — lembra.

    Aos 8 anos de Fernanda, Tânia se separou do marido. Foi quando mãe e filha se uniram ainda mais. Tânia sempre conciliou a vida profissional com a maternidade de forma tranquila, mas também desafiadora.

    — Ser mãe requer muita atenção, cuidado, estar presente. Esse é o desafio da mulher contemporânea, cuidar da vida profissional e ao mesmo tempo saber que em casa há uma criança esperando ajuda para fazer a lição de casa, em busca de atenção, brincadeiras... Eu tive ajuda dos meus pais que sempre estiveram presentes e fizeram muita diferença na criação da Fernanda — conta.

    Como mãe, o grande desafio de Tânia foi buscar a felicidade e o bem estar da filha, mas sem esquecer da Tânia mulher, profissional e mantenedora do lar. Juntas, elas construíram uma história de muito companheirismo, amor e amizade. Hoje, Fernanda é fisioterapeuta e mãe de Valentina, de sete anos.

    Além de mãe, Tânia é avó da Valentina, filha da Fernanda
    Além de mãe, Tânia é avó da Valentina, filha da Fernanda
    (Foto: )

    — A Valentina é nossa alegria. Ser mãe é algo fantástico e ser avó é algo indescritível. É um amor doce, sereno. Eu me sinto uma mulher realizada. Tenho minha filha, minha neta e meu marido. Uma família — completa.

    Atualmente, Tânia exerce a função de secretária de Educação Municipal de Joaçaba, coordena uma equipe de cerca de 600 servidores e é responsável pela educação de mais de 3 mil alunos.

    — É muito bom, me sinto um pouco mãe de cada criança, cada estudante, me envolvo com a família, procuro ser uma mãezona. Ser mãe é... educar, cuidar, orientar. É um amor enorme, um amor imenso— finaliza.

    Veja no vídeo a história completa de Tânia:

    Acesse o canal "O desafio de ser mãe" e acompanhe outras histórias inspiradoras.

    Leia também:

    Ansiedade infantil e a relação com a alimentação

    Chocolate pode prevenir doenças cardiovasculares e ósseas, além de reduzir estresse

    Colunistas