nsc
    dc

    Inovação

    Equipe da UFSC é finalista em competição internacional com projeto de carro elétrico

    Ampera Racing, formada por estudantes da UFSC, apresentou projeto de veículo elétrico de corrida em disputa que reúne 46 equipes de universidades de todo o mundo

    06/08/2020 - 18h19 - Atualizada em: 07/08/2020 - 10h44

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Protótipo da equipe Ampera Racing foi selecionado entre os finalistas de duas das três categorias da competição
    Protótipo da equipe Ampera Racing foi selecionado entre os finalistas de duas das três categorias da competição
    (Foto: )

    Uma equipe da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é finalista em duas de três categorias da competição internacional Formula Student Online, organizada pela universidade Széchenyi István, da Hungria. A disputa reúne projetos de carros de corrida feitos por estudantes de 46 universidades de países como Estados Unidos, Reino Unido, Croácia, Grécia, Alemanha, Hungria e França, entre outros. A equipe da UFSC é a única representante do Brasil na competição internacional. 

    > Professora da UFSC lidera criação de peças para satélites: "Imagina ser minoria em uma profissão difícil"

    A Ampera Racing, do Centro Tecnológico da UFSC, participou da competição com um projeto de protótipo de carro elétrico de corrida, de nome AMP-220. O projeto dos estudantes catarinenses se classificou entre os três finalistas na categoria de design de engenharia (Engineering Design Event) e vai disputar o primeiro lugar com as equipes da Universidade Aachen e da Universidade Técnica de Munique, ambas da Alemanha.

    A outra categoria em que o protótipo de veículo elétrico catarinense é finalista é a de apresentação de plano de negócios (Business Plan Presentation Event). Nessa disputa, a Ampera concorre com equipes da Universidade de Sevilha, da Espanha, da Politécnica de Milão, da Itália, e da Universidade Técnica de Munique, da Alemanha.

    A equipe vencedora sejá divulgada em uma transmissão ao vivo no sábado (8).

    Competição ocorre de forma virtual por causa da pandemia

    Por conta da pandemia de covid-19, a competição deste ano ocorreu de forma virtual, o que abriu a possibilidade para a participação de projetos de diferentes partes do mundo. Devido a esse cenário, a avaliação neste ano se voltou mais à análise da projeção do veículo. Os estudantes da UFSC enviaram vídeos e documentos com detalhes do projeto, que foram analisados pelos avaliadores da competição europeia.

    – É uma conquista muito grande para a gente. Nunca estivemos em uma competição internacional e ir para uma disputa on-line, com juizado mais especializado, com informações de ponta, e se classificar para a final, é algo que traz muita felicidade nisso – avalia o estudante João Vitor Vanzella, responsável pela área de estrutura do projeto.

    O grupo aponta que melhorias do projeto em relação a anos anteriores como um pacote aerodinâmico e um novo acumulador de baterias podem ter ajudado a chamar a atenção dos avaliadores da competição europeia.

    > Projeto da UFSC busca criar medicamento contra coronavírus a partir de plantas comestíveis

    Equipe reúne 45 estudantes da UFSC

    A Ampera Racing é formada por 45 integrantes, todos alunos da UFSC dos cursos de Engenharia Mecânica, Elétrica, de Produção e de Psicologia. A equipe é orientada pelo professor Marcelo Lobo, do curso de Engenharia Elétrica.

    O AMP-220, protótipo finalista da competição internacional, foi desenvolvido em cerca de cerca de seis meses, sendo três deles em home-office por causa da pandemia do novo coronavírus.

    > UFSC inicia desenvolvimento de vacina contra o novo coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas