nsc
an

Agosto Laranja 

Esclerose múltipla: saiba como identificar os sintomas para buscar ajuda 

Doença atinge cerca de 35 mil brasileiros e todos os tratamentos são feitos pelo Sistema Único de Saúde

30/08/2019 - 04h45 - Atualizada em: 30/08/2019 - 07h01

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
(Foto: )

Fadiga

Sensação debilitante de instalação imprevisível ou desproporcional em relação às atividades realizadas. A fadiga é um dos sintomas mais comuns e um dos mais incapacitantes da esclerose múltipla. Manifesta-se por um cansaço intenso e momentaneamente incapacitante. É muito comum quando o paciente se expõe ao calor ou quando faz um esforço físico intenso.

Alterações fonoaudiológicas

Podem surgir alterações ligadas à fala e à deglutição no início da doença ou no decorrer dos anos com sintomas como: fala lentificada, palavras arrastadas, voz trêmula, disartrias, fala pausada e disfagias (dificuldade para engolir líquidos, pastosos, sólidos).

Problemas de equilíbrio e coordenação

Se caracteriza pela perda de equilíbrio, tremores, instabilidade ao caminhar, vertigens e náuseas, falta de coordenação, debilidade (pode afetar pernas e o andar) e fraqueza geral.

Transtornos visuais

Quando ataca o nervo óptico e provoca a neurite óptica, que se caracteriza por uma perda visual, geralmente com um leve desconforto no olho. A visão pode ficar embaçada ou “dupla”.

Espasticidade

A espasticidade é a rigidez de um membro ao movimento e acomete principalmente os membros inferiores. A parestesia compromete a sensação tátil normal. Pode surgir como sensação de queimação ou formigamento em uma parte do corpo. Há outras sensações não definidas, como a dor, por exemplo.

Esclerose múltipla: doença é mais comum em mulheres de 20 a 40 anos

Transtornos cognitivos

O paciente pode apresentar sintomas cognitivos, ou seja, de memória, durante qualquer momento da doença, e independe da presença de sintomas físicos ou motores. As funções cognitivas mais frequentemente comprometidas são no processamento da memória e na execução das tarefas. Os indivíduos se queixam muito que levam mais tempo para memorizar as tarefas e possuem mais dificuldades para executá-las.

Transtornos emocionais

Com a esclerose múltipla, pode haver sintomas depressivos, ansiosos, de transtorno de humor, irritabilidade, flutuação entre depressão e transtorno bipolar.

Sexualidade

Em alguns casos, pode causar disfunção erétil nos homens, diminuição de lubrificação vaginal nas mulheres e comprometimento da sensibilidade do períneo (região da genitália), interferindo no desempenho do ato sexual.

+ Saúde: Leia mais matérias da série

Entenda o que é a asma e conheça os sintomas e o tratamento

Refluxo em adultos: conheça as causas e saiba como tratar

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas