nsc
dc

Brasília

"Estou vivo", comemora repórter da Globo que se recupera em hospital após tentativa de latrocínio

Gabriel Luiz foi atingido por 10 facadas na noite do último dia 14

01/05/2022 - 18h30

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Gabriel Luiz postou foto com a camiseta do Batman durante passeio no jardim do hospital
Gabriel Luiz postou foto com a camiseta do Batman durante passeio no jardim do hospital
(Foto: )

O jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo Brasília, vítima de uma tentativa de latrocínio no feriado de Páscoa, divulgou sua primeira foto, em recuperação, neste domingo (1º). "Estou vivo", escreveu o repórter que levou 10 facadas, passou por cirurgias e ficou na UTI. Ele se recupera em hospital, mas não há previsão de alta.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Durante a tarde, segundo o portal g1, a equipe médica autorizou que o jornalista fizesse um passeio pelo jardim do hospital Brasília, que fica no Lago Sul. Na postagem, ele agradeceu a todos que o ajudaram: 

"Meu destino colocou pessoas de luz perto de mim: os vizinhos que me socorreram, os bombeiros que chegaram em minutos, e principalmente as equipes do Base e do Hospital Brasília, que me atenderam com precisão, experiência e sabedoria".

Gabriel foi esfaqueado no último dia 14, em um estacionamento perto da casa dele no Sudoeste, no Distrito Federal. Ele foi atingido no pescoço, no abdômen, no tórax, na perna, no estômago, no pulmão, no pâncreas e no diafragma, além do braço e do pulso .

Segundo as investigações da Polícia Civil, o crime teria sido cometido por José Felipe Leite Tunholi, de 19 anos, e por um adolescente de 17. Eles roubaram o celular e a carteira de Gabriel, que foram encontrados momentos depois, perto do local do assalto.

O Ministério Público do DF apresentou denúncia contra Tunholi, que está preso na Papuda, pelos crimes de tentativa de latrocínio e corrupção de menor. Já o adolescente está em uma unidade de internação da capital.

Colunistas