nsc
dc

Terror em BH

Familiares dizem que fã morto de Ana Hickmann era "garoto normal"

Rodrigo Augusto de Pádua morreu após atacar apresentadora em hotel 

23/05/2016 - 09h19 - Atualizada em: 23/05/2016 - 09h21

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

O fã de Ana Hickmann morto pelo cunhado da apresentadora depois de invadir o quarto dela em um hotel era considerado "um garoto normal, que gostava de internet" por familiares próximos. Rodrigo Augusto de Pádua atacou Ana e sua família no último sábado em Belo Horizonte, Minas Gerais, ferindo a tiros sua assessora Giovana Alves de Oliveira. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

No velório de Pádua realizado no domingo, em Juiz de Fora, a mãe do rapaz afirmou que seu filho não tinha intenção de atacar a apresentadora. A versão de Wanda Simões de Pádua é de que ele lutava contra um "inimigo terrível" — ela não detalhou se o jovem sofria com transtorno psicológico. Wanda definiu o episódio como uma fatalidade.

Leia também

"Nunca pensei que o ser humano fosse capaz disso!", diz Ana Hickmann

Sem se identificar, parentes comentaram o caso. O marido de uma das irmãs de Pádua disse que sabia do apreço de Rodrigo pela apresentadora, mas não imaginava o nível de sua admiração. Já uma sobrinha contou que a família tinha conhecimento apenas de que Rodrigo fazia elogios à ex-modelo pelo Twitter.

O rapaz estava desempregado e, recentemente, saía de casa apenas para ir à academia. Dois dias antes da morte, Pádua postou mais de 20 fotos da apresentadora no Instagram — Ana Hickmann contou que havia bloqueado o fã nas redes sociais meses atrás. Há dez anos, ele passou a adotar uma postura introspectiva, sem sair de casa. Nenhum parente quis falar se o rapaz sofria algum tipo de distúrbio psicológico diagnosticado.

Ferida por Pádua, a assessora Giovana tem quadro estável. O tiro no abdome perfurou intestino grosso, delgado e uma artéria, com o projétil se alojando no fêmur. Ela deve passar por cirurgia. Para a polícia, o caso é tratado como legítima defesa.

Leia outras notícias em ZH

Colunistas