nsc
    dc

    Despedida

    Homenagens de familiares e amigos marcam adeus ao empresário Roberto Angeloni

    Cerimônia de adeus ao empresário, que morreu em acidente de trânsito na BR-101, em Biguaçu, ocorreu no fim da manhã desta segunda-feira (29)

    29/06/2020 - 10h53 - Atualizada em: 29/06/2020 - 11h31

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    Familiares e amigos compareceram para prestar solidariedade à família Angeloni
    Familiares e amigos compareceram para prestar solidariedade à família Angeloni
    (Foto: )

    A manhã desta segunda-feira (29) foi de despedida e homenagens ao empresário Roberto Angeloni, 51 anos, que morreu em um acidente na BR-101 neste domingo (28). No crematório em Içara, no Sul de Santa Catarina, amigos, funcionários da rede Angeloni e autoridades da região compareceram para dar adeus e prestar condolências à família. 

    Dezenas de coroas de flores assinadas por empresas da cidade e marcas internacionais, que trabalham com a rede de supermercados, homenageavam o empresário, que morava no Paraná. Roberto voltava para Curitiba, depois de passar o final de semana em Criciúma, quando sofreu o acidente.

    O velório iniciou às 9h e ficou restrito à família e amigos próximos por uma hora. Depois, foi aberto para quem veio se despedir do empresário. Às 11h, uma cerimônia religiosa foi realizada na capela Pérola, onde pessoas próximas rezaram e prestaram as últimas homenagens. Após a cerimônia, a família pediu para não falar com a imprensa.

    > Alta velocidade e ondulações na pista teriam motivado acidente de Roberto Angeloni, diz PRF

    Até o final da manhã, o pai de Roberto, Antenor Angeloni, ainda não havia comparecido ao funeral. Os irmãos de Roberto, Cristina e Henrique, receberam os pêsames em nome da família. A cremação estava marcada para 13h, mas foi adiantada a pedido da família.

    O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, também compareceu à cerimônia para prestar solidariedade. Ele deixou o local por volta das 10h, acompanhado do vice-prefeito Ricardo Fabris.

    – Perder um filho é como estar também morto. Eu como pai me solidarizo com tamanho sofrimento. Seu Antenor é um homem querido por todos, simples, trabalhador e grande empresário. Não somente Criciúma, mas todos nós, toda a região, lamentamos profundamente essa perda – afirmou Clésio Salvaro.

    Governador Moisés lamenta morte de empresário

    O governador Carlos Moisés da Silva também lamentou a morte do empresário Roberto Angeloni. Por meio de nota, o chefe do Executivo de Santa Catarina se solidarizou com a família e amigos neste momento de perda.

    "Enviamos à família Angeloni nossa manifestação de pesar e condolências pelo falecimento de Roberto Angeloni, ocorrido neste domingo. Que Deus o receba e conforte a família e amigos", disse o governador.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas