nsc
an

MEDIDAS RESTRITIVAS

Casa de eventos realiza festa com aglomeração e será multada em Joinville; veja vídeo

Estabelecimento afirmou que o evento realizado no domingo respeitava o decreto municipal

05/10/2020 - 11h58 - Atualizada em: 05/10/2020 - 12h16

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Festa aconteceu no último domingo no Otto Music Park
Festa aconteceu no último domingo no Otto Music Park
(Foto: )

Uma casa de eventos será multada pela Vigilância Sanitária por realizar uma festa com aglomeração no último domingo (4) no bairro Aventureiro, na zona Leste de Joinville. Vídeos e fotos do evento no Otto Music Park circularam nas redes sociais e geraram muitas críticas entre os joinvilenses que comentaram e compartilharam as imagens.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

Segundo a prefeitura, o estabelecimento promoveu festa com aglomeração de público, pista de dança, pessoas sem utilização de máscara e falta de distanciamento de 1,5 metro. A infração é considerada grave e o estabelecimento será multado em R$ 6 mil, além de ter as atividades suspensas por 48 horas.

O município informou que a portaria 595, publicada pela Secretaria de Estado da Saúde, suspende os eventos, shows e espetáculos que acarretem reunião de público nas regiões de saúde classificadas em risco potencial grave. Este é o caso da região Nordeste, incluindo Joinville, de acordo com a última atualização do governo do Estado.

A prefeitura salientou que, em caso de novas reincidências, o estabelecimento poderá ser multado em até R$ 21 mil, além de ser interditado até o final da pandemia pela Vigilância Sanitária.

Em nota, o Otto Music Park afirmou que é uma casa de eventos com capacidade para 2.040 pessoas. Por causa da pandemia, o estalecimento "conseguiu se reinventar e começou a abrir aos sábados como barzinho com música ao vivo, cumprindo todas as diretrizes estipuladas pelos órgãos fiscalizadores e regras da COES e OMS". O aumento da demanda fez a casa abrir também aos domingos.

- No último domingo, às 15 horas, iniciou-se o atendimento normal, mas devido à grande quantidade de público que procurou a casa, as 100 mesas disponibilizadas (400 lugares - respeitando o disposto no art. 6°, I do decreto nº 39.465, de 29 de setembro de 2020) foram rapidamente preenchidas. Devido à chuva, houve maior concentração de pessoas na parte coberta - diz a nota.

O decreto citado pela nota diz que as atividades desempenhadas por bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres terão o atendimento limitado a 50% da capacidade total. Também determina o horário de funcionamento entre 6 e 23 horas, e ainda destaca o cumprimento das diretrizes do Centro de Operações de Emergências em Saúde (COES) do Estado.

O Otto Music Park ainda destacou que encerrou as atividades duas horas antes do horário no último domingo visando cumprir as regras e diretrizes impostos pelos órgãos fiscalizadores.

Leia a nota na íntegra:

> Prejuízo dos ônibus em Joinville tem nova decisão judicial; questão enfrenta impasse

Outros estabelecimentos multados

A Vigilância Sanitária multou outros três estabelecimentos durante o fim de semana pelo descumprimento das medidas restritivas para contenção da pandemia do coronavírus. O órgão recebeu denúncias e também constatou as irregularidades por meio das redes sociais.

Uma das situações de descumprimento ocorreu em um estabelecimento religioso, no bairro Bom Retiro, onde a lotação de público estava superior aos 50% permitidos pelo decreto em vigência. No bairro Anita Garibaldi, um estabelecimento também promoveu festa com aglomeração de público, pista de dança, pessoas sem utilização de máscara e falta de distanciamento de 1,5 metro.

Já no bairro Saguaçu, uma lanchonete ultrapassou o limite de horário estabelecido, com atendimento a clientes até a uma hora da madrugada, e também com lotação acima dos 50% permitidos. Todas as infrações são consideradas graves e os estabelecimentos serão multados em R$ 6 mil, além de ter as atividades suspensas por de 48 horas, durante o seu período de funcionamento.

Colunistas