nsc
hora_de_sc

Cinema

Filmes exibidos em drive-ins também poderão concorrer ao Oscar

Em função da pandemia de coronavírus, a Academia vem flexibilizando as regras para a edição de 2021

08/10/2020 - 07h36

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Em abril, a Academia já havia comunicado que produções exibidas em plataformas de streaming seriam elegíveis para o Oscar 2021
Em abril, a Academia já havia comunicado que produções exibidas em plataformas de streaming seriam elegíveis para o Oscar 2021
(Foto: )

Filmes exibidos em drive-ins de algumas cidades norte-americanas poderão concorrer ao Oscar 2021 - a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood confirmou a informação nesta quarta-feira (7). Em função da pandemia de coronavírus, que impediu o funcionamento dos cinemas no mundo todo, uma série de mudanças vêm sendo anunciadas pela organização, para garantir a realização da edição do ano que vem.

Em abril, a Academia já havia comunicado que produções exibidas em plataformas de streaming seriam elegíveis para o Oscar 2021. "Com a reabertura gradual dos cinemas, há dois métodos de qualificação para a consideração dos prêmios de Melhor Filme e categorias de entrada geral pelo resto do ano da 93ª edição", explicou a organização, em seu site oficial.

Agora, filmes que tenham passado pelo menos sete dias consecutivos em cartaz em drive-ins das cidades selecionadas (Los Angeles, Nova York, São Francisco, Chicago, Miami e Atlanta) poderão concorrer ao maior prêmio do cinema mundial. Além disso, filmes exibidos por uma semana, com pelo menos três sessões diárias, em cinemas de pelo menos uma dessas cidades, também podem concorrer - anteriormente, as produções precisavam ser exibidas em Los Angeles, obrigatoriamente.

> Dia das Crianças: Mostra de Cinema Infantil libera quinze curtas-metragens nacionais no YouTube

Longas que forem lançados após o fim do isolamento social ainda precisarão obedecer às antigas regras.

Colunistas