nsc
hora_de_sc

Meio ambiente

Flor dama da noite: conheça todos os seus encantos

O nome já diz tudo: A dama-da-noite, flor de um perfume peculiar, só abre à noite pra mostrar seu brilho e dura apenas até o dia clarear novamente

28/09/2020 - 11h25 - Atualizada em: 17/11/2020 - 09h59

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Flor dama-da-noite
Flor dama-da-noite
(Foto: )

Uns não gostam do seu cheiro. Outros dizem ter alergia. Mas a flor dama-da-noite, que floresce da primavera ao fim do verão, ou seja, geralmente entre setembro e março, tem fãs bastante fiéis em Santa Catarina.

Românticas e vistosas

A dama-da-noite tem pétalas em formato de cálice, com terminações que fazem parecer estrelas. A maioria é branca, havendo uma variedade de flores amarelas. Enquanto fechadas, são flores que têm uma coloração esverdeada. Toda flor dama-da-noite tem pelos nas aréolas e espinhos são raros.

> Saiba como plantar e cultivar as flores da primavera

Por desenvolvem-se em muitos tipos de ambientes e climas, em Santa Catarina, são cultivadas em várias cidades. Seus cuidadores catarinenses só tomam o devido cuidado protegendo-as do frio intenso e das geadas que podem castigá-las severamente no inverno.

Quando cultivadas em pleno sol, florescem em grandes quantidades. Já mais à sombra, florescem menos e costumam ser também menos perfumadas. As damas-da-noite não se dão bem com a salinidade. Por isso, não se recomenda aos catarinenses, o cultivo em jardins próximos à praia.

Muitas pessoas que gostam de jardinagem e de flores nem imaginam que as damas-da-noite são originárias de regiões tropicais da América Central - principalmente das Antilhas e do México - e do Brasil. Existem relatos que dão conta de que elas sejam também nativas na Índia.

> 10 aplicativos para cuidar da saúde física e mental

Muitos consideram a flor, cujo nome científico é Epiphyllum Oxipetalum, exótica. A origem do nome em grego quer dizer: sobre as folhas.

Há quem as conheça por flor-da-lua, cacto-orquídea, rainha-da-noite, flor-da-noite, jasmim-da-noite, coirana, coerana e jasmim-verde. Em espanhol é chamada de cotí, dama-de-la-noche e galán-de-noche. Muito romântico, não é mesmo? Já em inglês, é chamada de night-blooming cestrum e lady-of-the-night.

> Quais alimentos podem ajudar a regular o nível do colesterol

A flor dama-da-noite é vistosa e grande, podendo chegar a 10 centímetros de diâmetro e seu caule, a mais de 25 centímetros de altura. Ela aparece em ramos suculentos, achatados e, às vezes, triangulares.

Flor dama-da-noite: Do paisagismo a perfumes

A dama-da-noite é bonita quando vista de forma isolada, mas em grupos também causa boa impressão. A planta da flor dama-da-noite é muito empregada no paisagismo ornamentando cercas. Recobrindo-as, causa um efeito bem interessante.

Em jardins aromáticos, as flores damas-da-noite são indispensáveis devido ao seu aroma. Sempre é bom lembrar que todas as plantas com odor forte não são convenientes pra se plantar muito próximo às moradias. É que algumas pessoas mais sensíveis podem correr o risco de manifestar alguma reação alérgica.

> Jardim de girassóis vira atração turística em Joinville

> Além da Festa das Flores: onde visitar jardins em Joinville

Uma curiosidade sobre a flor dama-da-noite é que seu cheiro inspira a produção de perfumes. Afinal, seu aroma é apontado por muitos perfumistas como um dos mais intensos entre as plantas conhecidas.

O cheiro doce motivou alguns fabricantes a lançar linhas completas com esta fragrância. Há coleções que contam com perfumes, hidratantes para o corpo e para as mãos. Tudo com muita elegância e sofisticação.

Na área da perfumaria, costumam dizer que o óleo essencial da dama-da-noite pode ser usado para manter o vigor sexual. Na dúvida, vale a pena experimentar. Mal não faz.

Perfume da flor dama-da-noite inspira perfumaria
Perfume da flor dama-da-noite inspira perfumaria
(Foto: )

As plantas que dão a dama-da-noite

As plantas são grandes, vistosas e coloridas, podendo se desenvolver sobre árvores, mantendo suas raízes no chão. Devido a esta condição, podem ser consideradas trepadeiras, sendo que seu porte alcança de dois e seis metros de altura.

É bastante comum que os cultivadores realizem processos de hibridação com os gêneros Heliocereus, Selenicereus e Nopalxochia. A maioria das plantas que hoje encontramos no mercado é resultado desta hibridação.

A planta da família dos cactos (Cestrum nocturnum) tem como característica produzir muitas flores por ramo, quase uma ao lado da outra. Diante disso, se você gosta de atrair borboletas para o seu jardim, as damas-da-noite são uma boa opção. Elas funcionam como um chamariz. Pena que ficam abertas por tão pouco tempo.

> Chegada de sementes misteriosas em casas de SC despertam alerta das autoridades

Como cultivar?

Para serem cultivadas, as damas da noite precisam de pouca água e de substrato bem arenoso. Somente assim, suas raízes podem respirar. Por causa do peso de seus ramos, as flores damas-da-noite precisam de um suporte. Pode ser uma treliça, muro ou cerca que sustentam trepadeiras.

O cultivo deve ser feito ao sol. Porém, pode ficar na sombra numa parte do dia. O solo demanda matéria orgânica e drenagem em abundância. Como mistura ideal de plantio, a recomendação é usar húmus de minhoca, areia de construção e adubo animal de curral bem curtido. A proporção adequada é de 4:2:1.

Cuide da cova de plantio. As paredes devem ser soltas pra não danificar as raízes bastante sensíveis. Coloque a mistura no fundo e ao redor do torrão. E regue a seguir.

Um detalhe importante é que estamos falando de um tipo de cacto que se ressente com terra ressecada. Por outro lado, pode apodrecer por excesso de água. Portanto, o equilíbrio é fundamental. Evite regar diariamente. Durante o inverno ou quando chove muito, suspenda a rega.

> Bife a rolê, um prato saboroso e simples de preparar

> Os benefícios da folha de louro na comida

Pode plantar em vasos? Sim. Desde que seja nos de maior dimensão. Sabe aqueles de cimento capazes de suportar o peso das plantas sem tombar? São os melhores pra esse fim. Num vaso de grande porte, na noite em que florescem, podem ser vistas e celebradas mais de 200 damas-da-noite. Que tal tentar?

Na hora de repor nutrientes, faça a adubação com húmus de minhoca e adubo, na formulação 4-14-8. Use cerca de 100 gramas por planta, colocando sobre o solo, distribuindo ao redor das mudas e misturando à terra. Regue sempre depois da adubação.

> Saiba onde comer frutos do mar em Florianópolis

Atenção especial ao fato da planta ser tóxica. Cuidado na hora do manuseio. Lave muito bem as mãos após o manuseio. Sempre use luvas. Melhor prevenir que remediar.

Colunistas