nsc
hora_de_sc

Pandemia

Florianópolis investiga surto de Covid-19 em unidade de saúde

Profissionais foram afastados após apresentarem sintomas da doença e estão bem, segundo a prefeitura

03/01/2022 - 14h41 - Atualizada em: 03/01/2022 - 16h37

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Luana
Por Luana Amorim
Apesar da confirmação, unidade continua funcionando normalmente
Apesar da confirmação, unidade continua funcionando normalmente
(Foto: )

Um surto de Covid-19 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sul em Florianópolis está sendo investigado pela Secretaria de Saúde do município. A situação foi confirmada pela prefeitura ao Hora de SC. Os atendimentos, no entanto, seguem ocorrendo normalmente, segundo o município. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Segundo o município, os infectados são profissionais de saúde que atuam na unidade. Todos tiveram sintomas leves, estão bem e seguem em isolamento para tratamento da doença. A Secretaria de Saúde, no entanto, não divulgou quantas pessoas foram infectadas.

A pasta diz, ainda, que está realizando a investigação epidemiológica no local, que segue atendendo normalmente. Isto porque outros profissionais trabalham para atender os moradores que vão até a unidade. 

Por fim, a prefeitura alega que todos os protocolos de segurança estão sendo seguidos e que todo os profissionais de saúde estão vacinados. 

Variante Ômicron foi confirmada na Capital

Na última quinta-feira (30), Florianópolis confirmou os primeiros casos da variante Ômicron. Ao todo foram 26 registros com transmissão comunitária, ou seja, os pacientes foram infectados na Capital. A confirmação veio após amostras serem analisadas pelo laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro. 

De acordo com dados da prefeitura de Florianópolis, até está segunda-feira (3), 662 pessoas ainda estavam em tratamento da Covid-19. Desde o início da pandemia, a Capital já registrou 99.471 casos e 1.115 mortes. 

Leia também: 

Ômicron é menos letal por poupar pulmões, dizem cientistas

Show de Gusttavo Lima em Florianópolis teve pessoas barradas por falta de vacinação

Vacinas aumentam proteção de quem já teve Covid-19, diz estudo

Colunistas