Morro das Antenas, Igreja Matriz Santa Ana e Praça Municipal Manoel Pinto de Arruda. Estes são alguns dos locais turísticos de Urupema registrados por Marlon Sá Molin, de 35 anos, fotógrafo reconhecido nas redes sociais pelas imagens que captura por meio de um drone.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Conhecida por ser uma das cidades mais frias do país, Urupema fica localizada no alto da Serra Catarinense, a 1.335 metros de altitude. O município começa sua história no início do século XIX, quando a região começou a ser explorada por tropeiros que cruzavam o caminho entre o Rio Grande do Sul e o Paraná com gado e produtos agrícolas. Devido a esta característica, a região se tornou um ponto de parada e descanso. A colonização da localidade teve início por volta de 1880, com a chegada de imigrantes italianos e alemães.

Urupema foi inicialmente um distrito do município de São Joaquim, até se emancipar em 1988. Culturalmente, o município preserva as tradições dos seus colonizadores europeus, como as festas típicas que celebram as raízes agrícolas e as tradições herdadas dos imigrantes.

A culinária local também reflete essa herança com pratos que utilizam ingredientes típicos da região, como o pinhão, que é colhido da floresta de araucárias nativas, que atrai todos os anos os famosos papagaios charão, que já viraram símbolo do município e resultaram no Festival do Papagaio Charão, evento que atrai turistas todos os anos no mês de maio.

Continua depois da publicidade

Além dos eventos, do frio e da gastronomia típica, Urupema oferece várias atrações que encantam os visitantes.

Saiba quais são os pontos turísticos mais conhecidos

  • Morro das Torres ou Morro das Antenas: É um dos lugares mais altos de Santa Catarina, com 1.750 metros. O nome do morro se dá devido à existência de antenas de telefonia e de televisão. O morro fica a apenas 7 quilômetros do centro de Urupema e é considerado um dos pontos mais frios do Brasil, onde frequentemente ocorrem geadas e nevascas. Quando as temperaturas negativas “pintam” de branco a paisagem, o Morro das Antenas recebe muitos turistas.
  • Cascata que Congela: A “Cachoeira ou Cascata que congela” é um fenômeno raro no Brasil, onde a cascata congela durante os períodos mais frios, criando uma paisagem deslumbrante e única. Situada a 7 quilômetros do centro da cidade, está a 1.580 metros de altura e a apenas 700 metros de distância do topo do Morro das Antenas. Em dias de extremo frio, o local rende imagens magníficas que encantam os visitantes.
  • Igreja Matriz Santa Ana e Praça Municipal Manoel Pinto de Arruda: Um marco da cidade, com arquitetura simples e bela, a igreja matriz representa a fé e a história da comunidade local. A igreja ainda tem em seu espaço uma mini queda d’agua junto a uma gruta. O lugar, localizado na Praça Municipal Manoel Pinto de Arruda, atrai os olhares e os sentimentos de quem o visita. A bucólica praça resgata o romantismo com seus banquinhos localizados em meio a floridos caminhos e o Lagos das Trutas. Em sua estrutura há quadra de vôlei de areia, portais estilizados com metal e pedra arenito, passeio público arborizado e parque infantil. Sem dúvidas, a Praça e a Igreja Matriz são os principais pontos de encontro da comunidade e dos turistas que passam por Urupema.
  • Parque Natural Municipal de Urupema: O parque é uma área de conservação que protege a flora e fauna local, oferecendo trilhas para caminhadas e observação da natureza. Todos os anos, recebe a revoada do Papagaio Charão. As aves chegam em bandos a partir do mês de abril em busca do seu alimento preferido, o pinhão, semente abundante na região.

Além desses pontos turísticos, o pequeno município de Urupema é cercado por belas paisagens naturais, como rios, vales e araucárias, que proporcionam um ambiente ideal para atividades ao ar livre como trekking, mountain bike e observação de aves.

Veja as fotos do município

Continua depois da publicidade

Leia mais

Fotos aéreas mostram as belezas de Lages, na Serra de SC

FOTOS: Veranico dá uma trégua e geada volta a pintar campos da Serra catarinense

Destaques do NSC Total