Uma operação especial com drones para prevenir afogamentos foi testada durante o Carnaval na praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis. Diferentes dos tradicionais, os equipamentos utilizados emitem alertas de voz para os banhistas e têm capacidade de transportar boias de salvamento.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A operação em conjunto da Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foi organizada a partir de uma solicitação de moradores do bairro. Com o alargamento da faixa de areia, o mar ficou mais fundo perto da orla do que as pessoas estavam acostumadas, como explica​​ Rubem Henrique, CEO da Urbanii, empresa contratada para fornecer os drones.

— Como o drone tem câmeras com uma resolução muito diferenciada, ele consegue fazer uma linha delimitada onde há maior risco de afogamento. Então, à medida que você vê uma pessoa avançando nesta linha, ele identifica e se posiciona naquele local já emitindo um alerta em áudio para que as pessoas possam voltar à orla. E o Corpo de Bombeiros acompanha esse processo também — explica.

Veja fotos da operação com drones

Continua depois da publicidade

Drones especiais

O secretário de Segurança Pública de Florianópolis, Araújo Gomes, acompanhou a operação. Ele destaca que a cidade já utiliza drones para melhorar a segurança, mas os equipamentos utilizados nos teste em Jurerê têm alguns atributos importantes.

— São equipamentos de grande porte, com autonomia e grande resistência. Voam em condições mais adversas do que os pequenos drones comerciais. Outra questão diz respeito à capacidade de transportar diferentes equipamentos que aumentam o uso do drone, como levar uma boia e de levar um kit de primeiros socorros até um ponto — destaca o secretário.

Leia também

Drones ajudam a fiscalizar irregularidades nas praias de Florianópolis no verão

Conheça as praias de SC famosas em todo o Brasil

Ranking elenca hotéis preferidos dos hóspedes em Florianópolis

Destaques do NSC Total