Uma mulher de 40 anos morreu vítima de meningite bacteriana em Itajaí. De acordo com a prefeitura, a vítima era funcionária de uma escola privada da cidade, onde trabalhava como auxiliar administrativa. O óbito ocorreu na terça-feira (28) e a confirmação do diagnóstico saiu no dia seguinte. Não foi divulgado o nome da profissional e nem da unidade onde ela atuava.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Itajaí e região por WhatsApp

A prefeitura de Itajaí solicitou a desinfecção da escola, para segurança de alunos e servidores. A Vigilância Epidemiológica disse ter feito uma busca ativa por pessoas com quem a mulher teve contato íntimo e mais prolongados para fazer a quimioprofilaxia. A medicação quebra a cadeia de transmissão da doença e é usada somente nos contatos próximos, para evitar a resistência medicamentosa.

“A Vigilância Epidemiológica reforça que todas as ações previstas nos protocolos do Ministério da Saúde foram adotadas. Neste momento, não haverá necessidade de nenhuma medida extra, como fechamento da unidade escolar. A orientação é que na presença de qualquer sintoma, profissionais e alunos procurem atendimento médico imediato”, diz nota enviada à imprensa.

O que é meningite?

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. É uma doença contagiosa que pode ser causada por vírus, bactérias, fungos, entre outros agentes infecciosos. Também pode ser causada por agentes químicos, como medicamentos.

Continua depois da publicidade

Quais são os principais tipos de meningite?

A viral e a bacteriana.

Qual a diferença da meningite viral para a bacteriana?

A meningite viral costuma ser caracterizada, em sua maioria, por um quadro clínico benigno, isto é, menos grave. Geralmente, não há tratamento específico. A grande maioria dos pacientes se cura sem sequelas. Os sintomas assemelham-se aos de viroses mais comuns, como febre, diarreia e dor de cabeça, além de rigidez na nuca.

Já a meningite bacteriana costuma ser mais grave e, dependendo dos casos, pode levar o paciente à morte em algumas horas após o aparecimento dos sintomas. Várias bactérias podem provocar meningite, porém o tipo mais grave é a causado pela bactéria chamada neisseria meningitidis (meningococo). Essa bactéria possui diversos sorogrupos. Em Santa Catarina, os sorogrupos circulantes são o B, C ,Y e W.

Quais os principais sintomas da meningite?

Os principais sinais e sintomas são: febre alta que começa abruptamente, dor de cabeça intensa e contínua, vômito, náuseas, rigidez de nuca e manchas vermelhas ou arroxeadas na pele ou mesmo hematomas.

Em crianças menores de um ano de idade, esses sintomas podem não ser tão evidentes e os pais ou responsáveis devem atentar para a presença de moleira tensa ou elevada, irritabilidade, inquietação com choro agudo e persistente e rigidez corporal com ou sem convulsões.

Continua depois da publicidade

Qual a forma de contágio?

Nem toda meningite é transmissível, mas dentre as transmissíveis, o contágio se dá, geralmente, por gotículas e secreções do nariz e da garganta. Por isso, os casos da doença costumam aumentar nos meses de frio. Tosse, espirro, beijo e compartilhamento de itens pessoais podem transmitir as meningites.

Nas meningites virais, também tem papel importante a transmissão fecal-oral, quando o vírus é eliminado nas fezes de um paciente, contamina a água ou alimentos, e pode entrar em contato com outra pessoa através das mãos.

Leia mais

Entrega de kits com seringas a usuários de drogas ajudou cidade de SC a combater HIV

Caso de dengue tipo 3 identificado pela primeira vez em SC acende alerta para transmissão intensa

Destaques do NSC Total