nsc
dc

Solidariedade

Garis de Florianópolis compram tênis para criança que ia para escola com sandália estragada no frio

Equipe da Comcap fez vaquinha e comprou pares de tênis, sandálias e meias para os irmãos

20/05/2022 - 12h02 - Atualizada em: 20/05/2022 - 13h01

Compartilhe

Flávia
Por Flávia Terres
Caso aconteceu na última semana, mas foi divulgado nesta quarta-feira (18)
Caso aconteceu na última semana, mas foi divulgado nesta quarta-feira (18)
(Foto: )

A equipe da Comcap, que faz a limpeza e coleta de resíduos de Florianópolis, se mobilizou com uma "vaquinha" para comprar calçados para dois irmãos que estavam indo para a escola com sandálias em más condições. Nesta semana os termômetros na Capital chegaram a marcar 8ºC. O caso aconteceu na segunda-feira (9), mas foi compartilhado nas redes sociais da autarquia nesta quarta-feira (18). 

> Receba notícias do Diário Catarinense no Telegram

De acordo com a assessoria da Comcap, os garis estavam trabalhando na região central da cidade quando viram um dos meninos usando um par de sandálias arrebentado e caminhando com dificuldade até a Marista Escola Social Lucia Mayvorne, instituição que atende e prioriza famílias em situação de vulnerabilidade social. Ao abordarem a criança, descobriram que ele tinha um irmão. 

Após uma conversa, Ivan de Lima Barbosa, Fernando Fernandes, Julio Cesar Schauffert e Filipi Valdonei Caetano e o motorista do caminhão da autarquia Luiz Carlos Vieira, decidiram juntar dinheiro e comprar um par de tênis, sandália e meia para cada um dos dois. 

— Nós estávamos trabalhando e vimos ele descendo o morro com uma sandália meio arrebentada e com dificuldade pra caminhar. Cutuquei meu amigo Felipe e falei para darmos um calçado para os dois e logo todo mundo do caminhão resolveu ajudar. 

— Parei o menino, ele é bem pequenininho, pedi para olhar a numeração e prometi que ia comprar os calçados. Pedi pra minha esposa comprar um par para cada um, ela comprou, mas acabei não vendo mais eles na rua. Essa semana paramos na escola e consegui encontrar o menino e entregar os calçados — lembra Ivan, que iniciou a ação. 

Conforme o profissional, os irmãos têm idades entre 6 e 10 anos e ficaram felizes e empolgados quando receberam os presentes. O gari fala que a atitude da equipe deixou todos com o coração aquecido na semana fria. 

— Nós ficamos bem contentes em comprar esses calçados. É gratificante fazer a diferença na vida de alguém, é o mínimo, né? Foi um pequeno gesto e eles ficaram bem contentes. Faz bem pra gente mesmo ter um olhar e fazer a diferença na vida de alguém. Estamos todos satisfeitos — conclui Ivan. 

Leia mais: 

Dazaranha faz show gratuito em Palhoça nesta sexta-feira

Janete Borges é a embaixadora do Festival Enchefs; saiba como se inscrever

Novo single de Joana Castanheira é um clássico do pagode nacional. Assista

Colunistas