Anunciando a destinação de R$ 650 milhões para incentivar financeiramente as unidades de saúde e ampliar a capacidade de atendimento às cirurgias eletivas em Santa Catarina em 2024, o Governo do Estado lançou, na manhã desta quarta-feira (20), o programa de valorização dos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e divulgou a tabela catarinense de procedimentos cirúrgicos eletivos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O programa aumentou de 115 para 152 (entre hospitais filantrópicos e municipais) as instituições com parceira com o Governo de Santa Catarina para o ano que vem. Os critérios de participação das unidades de saúde foram portas de urgência e emergência, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e quantidade de partos realizados, entre outros.

Além disso, outro critério analisado para valorização dos hospitais é o aumento nos valores pagos para a realização de cirurgias eletivas, com cálculo variável de acordo com cada procedimento, considerando a defasagem da tabela SUS. Agora, serão pagos até 12 vezes o valor destinado, com atribuição principal aos procedimentos de alta complexidade de ortopedia, grupo com maior fila de espera na tabela.

Se comparado com 2022, quando foram repassados R$ 336 milhões, o investimento do Governo com incentivos fixos para a área de Saúde aumentou em quase 100%, tomando como base a projeção de R$ 650 milhões para 2024.

Continua depois da publicidade

Leia também

SC chega à marca de 100 mil cirurgias eletivas em 2023

Hospitais de SC receberão R$ 5,5 milhões para ampliação de leitos

Governo quer retirar pacientes faltosos da fila de cirurgias eletivas em SC

Decreto de emergência: imagens mostram situação precária de hospitais em SC

SC anuncia plano e investimento de R$ 235 mi para resolver filas para cirurgias eletivas

Destaques do NSC Total