nsc
dc

Viagem

Gratuidade de mala com até 23kg em voos nacionais é aprovada pela Câmara

Em viagens internacionais, a bagagem de até 30kg se torna gratuita; texto segue para aprovação no Senado

27/04/2022 - 07h14

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Gratuidade valerá tanto para voos nacionais quanto internacionais
Gratuidade valerá tanto para voos nacionais quanto internacionais
(Foto: )

A cobrança de taxa para despachar uma bagagem de até 23kg em voos nacionais e uma mala de até 30kg em voos internacionais foi proibida pela Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (26).

> Receba notícias do DC via Telegram

O dispositivo foi aprovado por 273 votos a 148 durante votação de medida provisória (MP) que flexibiliza regras do setor aéreo. O texto, que segue para aprovação no Senado, modifica quatro leis e revoga dispositivos sobre exploração de aeroportos. Se não for votado até 1º de junho pelos senadores, perde a validade.

A MP acaba com a necessidade de contratos de concessão das empresas aéreas, libera a construção de aeródromos sem autorização prévia e autoriza as empresas a barrarem por até um ano os passageiros indisciplinados.

Na exposição de motivos enviada, o governo afirmou que o fim da necessidade de contratos de concessão das empresas aéreas parte da premissa, abalizada por jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, de que as atividades não são serviços públicos.

> SC tem 6,2 mil vagas de emprego no Sine; saiba como se candidatar

— Ou seja, não se trata de serviços de titularidade exclusiva do Estado e cujo acesso, portanto, exige uma outorga administrativa. Diversamente, trata-se de atividade econômica de interesse público prestada por agentes privados que devem observar a regulação estabelecida para o setor — indica a exposição.

Leia também

Grande Florianópolis tem 13 pontos perigosos para navegação; saiba onde

Menina é achada morta em Treze Tílias e suspeita de assassinato mobiliza polícia

Exército avalia instalar ponte provisória na BR-470, em Pouso Redondo

Colunistas