Quatro alunos e uma professora da Escola Municipal Padre Valente Simioni, de Joinville, voltaram de uma viagem aos Estados Unidos com a mala mais pesada. Isso porque o grupo conquistou no último fim de semana um dos troféus da premiação do World Festival, da First Lego League, uma competição internacional de robótica.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp 

A premiação aconteceu no sábado (20), em Houston. O time é composto por alunos com idade de 8 a 10 anos da Escola Municipal Padre Valente Simioni, sendo os únicos representantes brasileiros na categoria Explore do evento internacional.

VÍDEO: O que está previsto para o Palácio das Orquídeas, em Joinville

Veja fotos do grupo

Continua depois da publicidade

Os estudantes participaram dos três dias de evento, que iniciou na última quinta-feira com a montagem dos estandes. Eles apresentaram o projeto desenvolvido para a competição e foram premiados com o troféu de “Team poster awards”, pela melhor explicação do projeto. Ao todo, eram cinco subcategorias dentro da categoria Explore.

— Quando ouvi que ganhamos, dei um pulo e gritei de felicidade. Estou muito feliz de ter ganhado um troféu mundial —, descreveu o aluno Bernardo Alano Schmidt. 

Para a professora integradora de mídias e metodologias, Gilmara dos Santos, que acompanha a equipe, a conquista é a concretização do sonho e trabalho da equipe.

— É uma sensação indescritível, o coração está transbordando de alegria. Para mim, enquanto professora, é fantástico poder proporcionar um momento único como esse para os alunos —, explicou.

Continua depois da publicidade

Para viabilizar a viagem aos EUA, a equipe fez uma vaquinha online por meio da Associação de Pais e Professores (APP) da escola e também arrecadou recursos com empresas, alcançando o total de R$ 120 mil. Os recursos foram usados para todo o custeio da equipe Los Valentitos para a competição.

Projetos desenvolveram soluções inovadoras

Os estudantes ganharam a vaga para o World Festival com um projeto em que desenvolveram soluções inovadoras para levar energia renovável para localidades de Joinville. Eles pesquisaram sobre as necessidades da comunidade da Vigorelli e como poderiam fornecer energia limpa e sustentável. O trabalho foi desenvolvido antes da Prefeitura de Joinville começar a revitalização da região.

Uma das soluções foi a proposta de instalação de uma roda d’água para geração de energia para a comunidade, enquanto a outra ideia sugere a utilização de placas solares para gerar energia limpa e renovável aos moradores. O projeto foi reconhecido na etapa nacional da First Lego League, em que conquistou o primeiro lugar na categoria “Projeto de Inovação”, em 2023.

Para a etapa internacional, em que o tema aborda a junção de arte e tecnologia, a equipe desenvolveu uma nova solução. O projeto tem a proposta de viabilizar, de forma online, todas as apresentações da escola, fazendo com que qualquer pessoa possa acompanhar a partir de um equipamento eletrônico. 

Continua depois da publicidade

O que é a First Lego League

A First Lego League é uma competição internacional de robótica que desafia crianças e jovens a desenvolverem soluções inovadoras para problemas reais do mundo. A competição é dividida em diferentes categorias, de acordo com a faixa etária dos participantes.

O World Festival é o evento anual da First Lego League que reúne as melhores equipes de todo o mundo. Durante a competição, as equipes apresentam seus projetos para um júri de especialistas e participam de diversas atividades educativas e interativas.

Para chegar na etapa internacional, as equipes concorrem no nível regional e nacional, com escolas do Brasil todo.

Leia também

VÍDEO: Meteoro cruza céu de SC em “momento curioso” da chuva de Líridas

“Joãovillers”: Beatriz do BBB 24 vira meme ao perguntar se cidade de SC fica no Brasil

Em resgate desafiador, bombeiros sobem árvore de 15 metros para descer gato “sapeca” em SC

Destaques do NSC Total