Uma iniciativa de famílias que moram no distrito de São João do Rio Vermelho, em Florianópolis, está sendo mais um ponto da rede solidária para as vítimas das chuvas extremas no Rio Grande do Sul. O que começou num pequeno grupo se espalhou. Na noite desta quarta-feira (8), o nono caminhão com água, produtos de higiene, alimentos, roupas e brinquedos parte com destino ao estado vizinho. Além dos oitos caminhões que desde a semana passada levaram diferentes produtos, carros particulares também fizeram o transporte.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

A ideia surgiu diante do cenário da catástrofe climática e porque muitos dos envolvidos na ação têm familiares ou moravam no estado gaúcho antes de se mudarem para Florianópolis, explica Luiza Caleffi Goulart. O ponto de arrecadação dos donativos é a arena anexa da loja China Brasil, na Avenida João Gualberto, número 4300.

Voluntário se coloca à disposição para recolher donativos

O carioca Robson Viana, que por 18 anos morou em Porto Alegre, fez mais do que levar doações. Colocou-se à disposição dos organizadores para ir buscar doações nas casas caso alguém tenha dificuldade em levar até o posto de arrecadação.

Liane Lopes Nunes deixou a cidade de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, e hoje mora com a família no bairro dos Ingleses. Consternada com o drama dos gaúchos, levou fardos com garrafas de água. Para ela, apesar de alguém achar que uma simples doação não irá mudar a realidade diante da tragédia, a soma de tantos esforços irá trazer algum benefício.

Continua depois da publicidade

— Nem que seja matar a sede de uma pessoa — disse.

Luciano da Rocha disponibilizou a arena que aluga, o que possibilita o recebimento, estocagem, identificação das peças em pacotes e carregamento dos veículos. Ele conta que, num primeiro momento, estavam direcionando para pessoas conhecidas, mas que o fluxo foi organizado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul e agora o destino é orientado.

O grupo segue recebendo donativos e promete não deixar o povo vizinho sem ajuda dos gaúchos [e de outras pessoas] que por algum motivo deixaram a terra natal.

Veja imagens da arrecadação de donativos


Leia também

Mobilização com donativos ao RS enche 15 carretas e é prorrogada até sexta em Joinville

Estudantes de SC ajudam a atender vítimas das chuvas no RS: “Fragilizados em todos os sentidos”

Com 85% dos municípios do RS afetados pelas chuvas, Estado contabiliza 100 mortos

Destaques do NSC Total