nsc
an

Imunização

Grupos prioritários recebem reforço contra a Covid em mutirão de vacinação em Joinville

Doses serão aplicadas neste final de semana na Central de Imunização Tupy

24/09/2021 - 14h18

Compartilhe

Por Marcelo Henrique
vacina covid
Neste final de semana, dois grupos prioritários podem se vacinar novamente em mutirão de Joinville
(Foto: )

A Secretaria da Saúde de Joinville vai fazer um mutirão para aplicar doses de reforço da vacina contra Covid-19 em dois grupos prioritários. As doses serão disponibilizadas neste sábado (25) e domingo (26), das 8h às 17h, na Central de Imunização Tupy, no bairro Boa Vista.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Os dois grupos prioritários que podem receber a dose de reforço são: idosos, com 70 anos ou mais, que se vacinaram antes de 25 de março; e imunocomprometidos, com qualquer idade, que concluíram a imunização antes de 30 de agosto.

Os pacientes imunocomprometidos são aqueles com alto grau de imunossupressão (redução de atividade ou eficiência do sistema imunológico). De acordo com a médica infectologista Carolina Ponzi, o grupo precisa desse fortalecimento vacinal pois têm “dificuldades” em produzir resposta imune adequada às vacinas, e muitas vezes precisam de estímulos extras.

- Isso acontece com a vacina contra a hepatite B em portadores de HIV, por exemplo. Ao invés de 3 doses simples, como pessoas sem HIV, eles precisam de 4 doses dobradas - explica.

Para os imunocomprometidos receberem o reforço de imunização 28 dias após a última dose, eles precisam apresentar as seguintes condições: imunodeficiência primária grave, em quimioterapia, em hemodiálise, transplantados de órgão sólido ou células tronco em uso de drogas imunossupressoras, HIV/Aids (CD4 menor que 200 cels/mm3), em uso de corticoide (dose maior ou igual a 20 mg/dia de prednisona ou equivalente por mais de 14 dias), uso de drogas modificadoras de resposta imune ou com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Instruções para os grupos prioritários

Para se vacinar novamente não é necessário realizar agendamento, a aplicação do imunizante será feita por ordem de chegada. Entretanto, é obrigatório a apresentação de documento de identificação com foto e carteira de vacinação. As pessoas imunocomprometidas também precisam apresentar declaração médica.

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também:

Fiscais de Joinville multam homem em R$ 1,6 mil por vender cocada em terminal de ônibus

Câmara de Joinville pretende rever legislação após vendedor de cocadas ser multado em R$ 1,6 mil

Alimentos sem procedência e em condições irregulares são apreendidos em operação em Garuva

Colunistas