nsc
dc

Violência contra a mulher

Homem chama a polícia após se arrepender de tentar matar ex-companheira no ES

Suspeito passou a ameaçar a mulher de morte após ela assumir um novo relacionamento

23/02/2022 - 21h01

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Por fim, o preso disse que vai “ficar tranquilo” na cadeia e acha que está num tipo de “retiro”
Por fim, o preso disse que vai “ficar tranquilo” na cadeia e acha que está num tipo de “retiro”
(Foto: )

Um homem de 24 anos foi preso após se arrepender de tentar matar a ex-companheira na terça-feira (23) no Espírito Santo. O crime quase ocorreu porque o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e passou a ameaçar a mulher, que já estava com um novo namorado, de morte. Na cadeia, no entanto, ele se mostrou aliviado com a situação. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

— Eu não quero ser mais um que mata mulher. Nunca bati em mulher nenhuma, meus pais me ensinaram o que era certo e errado e a decisão que eu ia tomar seria errada. Eu ameacei, mandei várias mensagens dizendo que, se ela não voltasse comigo, ia matar ela e o cara que tava com ela. Para isso não acontecer, abri um BO [Boletim de Ocorrência] contra mim mesmo, pra proteger a vida dela e a minha filha também — disse durante uma entrevista coletiva. 

A ex-companheira, com que ele manteve um relacionamento por quatro anos, confirmou as ameaças. Apesar de estar incomodado com o novo relacionamento da ex, o confeiteiro disse que o casamento dos dois havia acabado justamente porque ele a havia traído três vezes. Por fim, o preso disse que vai “ficar tranquilo” na cadeia e acha que está num tipo de “retiro”.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também:

Homem diz que vai processar hotel após esposa engravidar “sozinha” em banheira

Isis Valverde e André Resende terminam casamento

Marvel revê estratégias de experiência e interesse em cinema

Colunistas