nsc
santa

Crime

Homem comete assassinato, vai dormir e acaba preso em Brusque

Vítima morreu no meio da rua com uma perfuração a faca no peito

10/10/2021 - 10h38

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Crime ocorreu em plena luz do dia no bairro Azambuja
Crime ocorreu em plena luz do dia no bairro Azambuja
(Foto: )

Um homem morreu na manhã deste sábado (9) em Brusque, no Médio Vale do Itajaí, após levar uma facada no peito. Segundo a polícia, um rapaz de 22 anos confessou o crime e disse tinha se desentendido com a vítima durante uma festa, momentos antes do homicídio. O autor do crime foi levado à unidade prisional da cidade. O corpo segue no Instituto-Geral de Perícias (IGP) aguardando identificação.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

Era por volta das 7h30 quando a Polícia Militar recebeu informações de que um homem estava caído no meio da Rua Florência Day, no bairro Azambuja. Quando chegaram ao local o rapaz ainda estava vivo e o Corpo de Bombeiros foi chamado, mas a vítima acabou morrendo no meio da estrada. O homem levou uma facada no lado direito do peito, logo abaixo das costelas. A arma usada no crime, uma faca de cozinha, estava perto do corpo.

Enquanto a PM registrava a ocorrência percebeu uma garota na janela de uma casa próxima. Ela ficou nervosa ao ser questionada, o que chamou a atenção dos policiais. Um rapaz de 22 anos estava com ela na residência e acabou confessando. Dentro da casa havia marcas de sangue pelas paredes, inclusive num dos quartos, o que levada o delegado Marcelo Arruda a crer que o assassinato ocorreu no interior da residência.

O homem teria conseguido sair do imóvel, mas poucos metros a diante caiu e morreu. O agressor admitiu ter ido dormir após o homicídio. A garota de apenas 17 anos e o rapaz disseram na delegacia que são amigos e moram juntos. 

Segundo a polícia, o homem contou que se desentendeu com a vítima durante uma festa em outro local e por isso cometeu o crime. Para a PM ele afirmou que no bar onde estavam o rapaz tentou agarrar a adolescente, com a qual já teve um relacionamento.

Nem a jovem nem o criminoso souberam explicar como o homem morto foi parar dentro da casa que dividem. A Polícia Civil vai fazer novas diligências para esclarecer as reais circunstâncias e motivações do crime. O rapaz que confessou foi levado à Unidade Prisional de Brusque. Segundo o delegado Arruda, o preso é do Rio Grande do Sul e tem outras passagens criminais. Agora ele vai responder também por homicídio.

A adolescente foi ouvida e liberada na sequência. O corpo ainda não tinha sido identificado na manhã deste domingo (10) e o IGP passou as características caso alguém possa ajudar. Trata-se de um homem com aproximadamente 1,8 metro de altura, cabelo preto escuro e olhos castanhos. No momento do crime, vestia camisa vermelha, calça jeans azul e tênis cinza. Ele tem tatuagens nos braços e numa delas está escrito Landra. 

Leia também

> Jovem morre preso às ferragens após bater de carro em muro e poste em Guabiruba

> Corpo encontrado em escombros de casa em Brusque é de tatuador de 38 anos

> Vendedor de doces vítima de guardas de Itajaí faz doação para jovem com síndrome

> Desocupação em comunidade de Blumenau expõe drama e angústia de famílias pobres

> Integrante de quadrilha que produziu R$ 6,7 milhões em notas falsas é preso no Litoral de SC

Colunistas