Um homem foi preso após agredir a ex-companheira, o filho e dois policiais militares na madrugada desta segunda-feira (25), em Garuva, no Norte de Santa Catarina. Ele é faixa marrom em muay thai, um nível avançado da arte marcial. Três vítimas ficaram feridas e foram conduzidas ao hospital. 

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem foi até a casa da ex-companheira, no Centro da cidade, quebrou objetos, torceu o braço da mulher, puxou os cabelos do filho e ameaçou quebrar as pernas do menino. 

Por causa das lesões, ela e os filhos foram a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde o homem também foi, arrancou um menino de 3 anos dos braços dela e fugiu para a casa da mãe do suspeito. 

A PM encontrou o homem no local, onde ele conversava com seu instrutor de muay thai. Ao abordar o suspeito, ele deu um soco no rosto de um dos policiais. O outro agente então disparou seis tiros de borracha nas pernas do rapaz, que não parou e derrubou o mesmo policial com uma um golpe da arte marcial. 

Continua depois da publicidade

As agressões só pararam após ele sofrer dois disparos com arma de fogo na perna direita. O policial agredido foi encaminhado à UPA e recebeu dois pontos no supercílio. 

Já o suspeito foi socorrido pelos Bombeiros Militares e encaminhado para o Hospital São José, em Joinville. Durante o trajeto, ele disse ser de uma facção criminosa e fez ameaças aos policiais, dizendo que os agentes de segurança “eram os inimigos número um do grupo”. Após o atendimento, ele foi preso e encaminhado para a central de polícia.

Leia também

Joinville registra 34°C e é a cidade mais quente de SC na véspera de Natal

Menino fica desacordado após se afogar em piscina e é salvo por policiais em SC

Mulher é morta a facadas em SC, e polícia investiga se suspeito fugiu com os filhos dela

Destaques do NSC Total