nsc
    dc

    Violência

    Homem é preso suspeito de jogar querosene e atear fogo na mulher em Jaguaruna, no Sul de SC

    Vítima, de 55 anos, sofreu queimaduras de segundo grau

    06/11/2020 - 13h37 - Atualizada em: 06/11/2020 - 14h58

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Viatura policial
    Caso aconteceu na noite desta quinta-feira (5)
    (Foto: )

    Um homem de 47 anos foi preso na noite desta quinta-feira (5) suspeito de atear fogo com querosene na própria mulher em Jaguaruna, no Sul catarinense. O caso foi registrado pela polícia por volta das 20h50min e aconteceu no Balneário Camacho.

    > Operação de combate à pornografia infantil cumpre mandados em 10 cidades de SC

    Segundo a Polícia Militar, a vítima, de 55 anos, foi encaminhada ao hospital com queimaduras de segundo grau na axila, peito e pescoço. Ela foi socorrida pelos Bombeiros Voluntários, e permaneceu em observação no Hospital de Caridade, em Jaguaruna.

    À Polícia Militar, a mulher relatou que o marido jogou querosene no corpo dela e depois ateou fogo.

    > Catarinense condenado por matar e esconder corpo de professor é preso no RS após cinco anos foragido

    Os policiais encontraram o homem na residência do caso. Ele negou que tenha ateado fogo na mulher, e disse que ela havia se queimado enquanto fritava peixe. O homem foi preso pela PM e encaminhado à Central de Polícia Civil de Tubarão.

    Colunistas