Uma jovem de 20 anos foi morta pelo companheiro na noite deste domingo (16) em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina. O suspeito afirmou que atirou contra ela pois desconfiava de uma traição, segundo a Polícia Militar. Além da vítima, um homem ficou ferido ao ser atingido de raspão pelo autor dos disparos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O caso ocorreu no bairro Petrópolis e foi descoberto após vizinhos relatarem terem ouvido os disparos. O suspeito, de 28 anos, foi localizado caminhando na rua com um revólver na mão. Aos policiais, ele relatou que fez os disparos contra a companheira devido a desconfiança de que ela estaria o traindo.

Nova onda de feminicídios em SC requer reforço de efetivo e “fim da cultura machista”

Durante o depoimento, ele contou à polícia que encontrou a mulher na rua com uma criança no colo. Em seguida, tirou ela dos braços da vítima e disparou contra a companheira. Na sequência, o homem levou a criança até a casa da sogra e fugiu.

Continua depois da publicidade

O corpo da mulher foi encontrado já sem vida. De acordo com a PM, não há informações sobre qual é a relação da criança com a vítima ou o suspeito, nem confirmação se ela seria filha de algum deles.

Vizinho também foi atingido

Ainda segundo a PM, o Hospital São Francisco informou que um homem deu entrada no local com ferimentos por arma de fogo, sendo que as equipes foram até lá averiguar a situação. No serviço de emergência, a segunda vítima, um homem de 32 anos, relatou que estava em casa quando escutou um barulho e percebeu um furo na janela da cozinha. Ele saiu para ver o que tinha acontecido e viu o homem correndo.

Assim, entrou no carro e saiu em direção a ele, momento em que o suspeito disparou acertando de raspão o pescoço do homem.

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil. Ele deve responder pelos crimes de feminicídio, tentativa de homicídio, disparos em via pública e porte irregular de arma de fogo. A arma também foi apreendida.

Continua depois da publicidade

Leia também

Homem mata mulher com disparo e alega tiro acidental em Joinville

Quem é a mulher que persegue Débora Falabella há mais de 10 anos

Destaques do NSC Total