nsc
an

Afogamento

Homem morre afogado após barco virar com força das ondas em Balneário Barra do Sul

Mar estava agitado e arrastou o casal que estava na embarcação para dentro da Boca da Barra

21/09/2021 - 16h02 - Atualizada em: 21/09/2021 - 17h28

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Casal na água após o barco virar em Balneário Barra do Sul
Casal se protegeu em cima do barco após ser virado pelas ondas, mas embarcação afundou
(Foto: )

Um homem de 34 anos morreu após o barco em que estava virar com a força das ondas em Balneário Barra do Sul nesta terça-feira (21). Gilberto Miguel Militão e a esposa foram resgatados, mas ele já estava inconsciente por causa da quantidade de água que havia engolido. A mulher, de 39 anos, foi levada consciente para o Hospital São José em Joinville.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo os Bombeiros Voluntários, o casal é natural de Penha e estava em um barco de passeio em uma ilha que fica próxima da Boca da Barra. Como o mar ficou muito agitado e as ondas ganharam força, os dois tentaram voltar para a terra.

O barco virou com a força do mar e o casal tentou se abrigar em cima da embarcação, mas ela afundou e eles se agarraram em uma boia. A correnteza empurrou os dois aos poucos para dentro da Boca da Barra, onde havia um barco pesqueiro que tentou ajudar.

De acordo com os bombeiros, os pescadores não conseguiram ir até o local onde estava o casal porque o barco deles também poderia virar devido à força das ondas. Quando os dois entraram na Boca da Barra, o barco pesqueiro conseguiu fazer o salvamento e levou as vítimas até o trapiche, onde os bombeiros começaram o atendimento.

> Jovem desaparece levado por correnteza em praia de São Francisco do Sul

O homem foi colocado na viatura e os bombeiros tentaram reanimar a vítima a caminho do pronto-atendimento. O helicóptero da Polícia Militar foi acionado, mas Gilberto morreu antes de ser levado pela aeronave.

A esposa foi atendida e encaminhada ao hospital pelo helicóptero. Segundo os bombeiros, ela estava consciente, mas em estado de choque e com início de hipotermia. O Hospital São José informou na tarde desta terça-feira que a paciente está estável e permanece em observação para realização de exames.

Leia também:

Laudo sobre morte de bebê em Garuva pode descartar agressões físicas; entenda o caso

Jovem é preso suspeito de estuprar a irmã de 6 anos em Rio Negrinho

Homem é detido após agredir pai a socos e tentar afogá-lo em piscina, em Jaraguá do Sul

Operação combate "gatos" de energia e moradores protestam em São Francisco do Sul

Colunistas