Quatro homens foram vítimas de afogamentos em praias do Litoral Norte de Santa Catarina neste domingo (11). Um deles, que se afogou na Praia Central de Balneário Camboriú, morreu. Outros dois, um idoso de 74 anos, um homem de 48, e um jovem de 23, foram resgatados pelos bombeiros.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A vítima fatal estava na Praia Central, por volta das 21h45, e foi retirado da água já em parada cardiorrespiratória. Equipes do Corpo de Bombeiros iniciaram procedimentos de reanimação, inclusive com desfibrilador, mas sem sucesso.

O Samu também esteve no local e declarou a morte do homem. A Polícia Militar (PM) foi acionada, mas não isolou a área. Segundo a corporação, como não houve crime, a PM não atua no isolamento do local. Até o Instituto Geral de Perícias (IGP) chegar, os bombeiros ficaram no local.

Afogamentos em Penha

Os demais casos ocorreram em Penha. O primeiro caso foi por volta das 12h40, na praia da Armação. O jovem de 23 anos foi retirado da água consciente, mas com espuma na boca. Ele foi levado para a areia, chegou a ficar inconsciente, mas foi reanimado e acordou no pronto-atendimento da cidade. Segundo informações de familiares, ele teria bebido antes de entrar no mar.

Continua depois da publicidade

O segundo afogamento foi menos de seis horas depois, desta vez na praia da Saudade, também em Penha. O idoso, de 74 anos, teria sido arrastado pela corrente de retorno. Outro homem, de 48, tentou resgatá-lo, mas também foi arrastado. Eles foram socorridos pelos guarda-vidas civis da praia.

O idoso foi socorrido já com espuma na boca. A segunda vítima apresentou, segundo os bombeiros, exaustão. Eles foram atendidos pela equipe médica do helicóptero Arcanjo 03, e pelos bombeiros militares e voluntários da cidade. Ambos foram conduzidos para o pronto-atendimento de Penha.

Cuidados na praia

O Corpo de bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) divulgou dicas de cuidados nas praias, em especial durante o Carnaval:

  • Se ingerir bebida alcoólica, não entre no mar. O álcool diminui a percepção de risco e isso aumenta a chance de afogamento.
  • Procure um local próximo ao posto de guarda-vidas para banho de mar.
  • Evite entrar no mar nos locais sinalizados com bandeira vermelha retangular no posto e, principalmente, triangular na faixa de areia. Elas sinalizam locais de risco.
  • Tenha cuidado com a exposição prolongada ao sol, especialmente em dias de calor extremo como estamos vivendo. Reaplique o protetor solar a cada duas horas para evitar queimaduras e beba água.
  • Com as crianças, atenção redobrada. Ao chegar na praia, procure um posto de guarda-vidas para retirar uma pulseira de identificação.

Continua depois da publicidade

Leia também

Jovem de 21 anos morre em colisão frontal entre carro e caminhão em rodovia de SC

Andarilho invade prefeitura em SC armado com facão, provoca corre-corre e acaba preso

Destaques do NSC Total