nsc
santa

NÃO PODE!

Homem passa a mão nas partes íntimas de mulher em ônibus e é preso em Blumenau

Polícia fazia rondas quando ouviu os gritos no ônibus e foi verificar o que acontecia

10/12/2021 - 07h23

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Homem foi preso por importunação sexual
Homem foi preso por importunação sexual
(Foto: )

Um homem de 41 anos foi preso dentro de um ônibus na tarde desta quinta-feira (9) em Blumenau, no Vale do Itajaí, após tocar as partes íntimas de uma jovem. A Polícia Militar fazia rondas pelo bairro Vila Nova quando ouviu os gritos da passageira e parou para verificar. Testemunhas confirmaram a atitude do homem, que acabou preso.

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

O caso ocorreu por volta das 16h45, na Rua Benjamin Constant. A mulher de 23 anos contou que o passageiro passou a mão nas nádegas dela e usou uma bolsa para tentar esconder o que estava fazendo. A mãe da vítima e outras pessoas que estavam no ônibus confirmaram os fatos.

O homem foi preso e levado à delegacia pelo crime de importunação sexual, com pena de um a cinco anos de prisão. Segundo a Polícia Militar, há pelo menos dois boletins de ocorrência contra o passageiro detido, mas não foi informado por quais motivos.

É crime

Importunação sexual é considerado crime há cerca de três anos, quando entrou em vigor a Lei 13.718/2018. 

Antes disso, atos como passar a mão nas partes íntimas, fazer toques inapropriados, dar puxões de cabelo ou forçar um beijo eram enquadrados como contravenção penal, cuja punição era apenas a assinatura de termo circunstanciado e multa.

A orientação é que as vítimas registrem os casos na polícia. Se o autor da agressão for desconhecido, procurar descrever como eram a aparência física, as roupas que usava e outras características que ajudem a identificar a pessoa. 

Também é possível apresentar testemunhas que presenciaram a cena ou outros tipos de prova que tiver, como fotos e vídeos.

Leia também

> Pesquisa inédita feita na Furb em Blumenau estuda efeito do canabidiol em autistas

> PMs, bombeiros e mais 7 categorias perdem passe livre nos ônibus de Blumenau

> "Quem é o motorista de Blumenau que parou para ajudar deficiente

Colunistas