Um homem de 33 anos que estava desaparecido desde o dia 30 de novembro foi encontrado morto na manhã deste domingo (4) dentro de um rio no interior de São Joaquim, na Serra catarinense. Altair Macedo Fonseca sumiu após tentar atravessar a ponte do rio Pelotas.

Continua depois da publicidade

Neblina prejudica quarto dia de buscas por bombeiro desaparecido em SC

O corpo foi visto por volta das 9h30min boiando a aproximadamente 3 quilômetros da ponte onde a vítima foi arrastada e a guarnição, que já estava no local, fez o resgate. Em seguida, o cadáver foi levado para o Instituto Geral de Perícias (IGP) de Lages.

De acordo Nara Macedo, mãe de Fonseca, o desaparecimento ocorreu por volta das 11h, na localidade de Luizinho. Ele estava com outras pessoas, esperando o rio baixar, quando tentou atravessar a ponte. No meio do caminho, porém, ele teria se jogado na água, para seguir o trajeto nadando. Desde então, não foi mais visto.

A informação do sumiço chegou aos bombeiros por volta das 23h do dia 30. As buscas foram iniciadas na manhã do dia seguinte e, devido a correnteza, o trabalho foi feito com drone, com equipes atuando pelas margens do rio. A partir do segundo dia, além do drone, iniciaram-se as buscas com embarcação.

Continua depois da publicidade

Ainda conforme os socorristas, a vítima era natural do Rio Grande do Sul.

Leia também:

SC vai decretar situação de emergência por conta das chuvas

Carro cai no rio em Brusque e bombeiros buscam por possíveis vítimas

Bombeiros encerram buscas por vítimas em deslizamento da BR-376; 2 mortes foram confirmadas

Destaques do NSC Total