nsc
santa

ANTECIPOU

Ibirama muda ordem de vacinação contra gripe, imuniza professores e é notificada

Dive pediu esclarecimentos à prefeitura e ameaçou deixar de enviar doses caso o erro não seja corrigido

21/04/2021 - 13h39

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Mais de 200 professores foram vacinados
Mais de 200 professores foram vacinados
(Foto: )

Ibirama, no Alto Vale do Itajaí decidiu antecipar a vacinação dos professores contra a gripe e recebeu uma notificação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado, a Dive. Os trabalhadores da educação até fazem parte da campanha, mas não neste momento.

> Acesse para receber notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp

Nesta primeira etapa apenas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, mulheres que tiveram bebê recentemente, povos indígenas e funcionários da saúde estão contemplados.

Após perceber que 258 professores foram vacinados contra a influenza até o começo desta semana em Ibirama, a Dive enviou nesta terça-feira (20) uma notificação e pediu esclarecimentos à prefeitura.

No documento, a diretoria ressalta que os municípios não podem alterar a ordem estipulada pelo Ministério da Saúde. Nela consta que professores do ensino básico e superior estão na segunda etapa, que ocorre entre 11 de maio e 8 de junho.

“Isto posto, a Secretaria de Estado da Saúde notifica o município de Ibirama para que esclareça imediatamente o ocorrido no prazo de 24h, sob pena de que novas doses somente sejam disponibilizadas para o município após a comprovação formal do cumprimento integral dos critérios de priorização conforme definidos pelos Plano Nacional e Estadual de Imunização”, solicitou.

À NSC TV o coordenador da Vigilância em Saúde de Ibirama, Rafael Reinicke, explicou que houve um erro de interpretação dos critérios por parte do município e que encaminhará a resposta à Dive dentro do prazo.

— Interrompemos a vacinação dos professores tão logo fomos comunicados. De qualquer forma, os grupos (da primeira fase) estão sendo vacinados — garantiu.

A procura pela vacina pelo público-alvo, acrescentou Reinicke, tem sido significativa. De acordo com a Dive, o cronograma de entrega de doses será gradual, por isso é importante que a ordem de prioridade seja cumprida rigorosamente.

Colunistas