nsc
dc

Polícia

Idoso atira em família vizinha e é morto pela PM com disparo na cabeça em Xanxerê

Polícia informou que "foi necessária uma ação rápida para conter a iminente agressão letal contra os policiais"

23/10/2021 - 11h08 - Atualizada em: 23/10/2021 - 11h09

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Policial matou homem que estava atirando à queima-roupa
Policial matou homem que estava atirando à queima-roupa
(Foto: )

Um idoso foi atingido por um disparo da Polícia Militar na cabeça e morreu na noite de sexta-feira (23) em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina. O homem de 80 anos tinha atirado em vizinhos à queima-roupa antes de os policiais chegarem. Segundo relato da ocorrência, a vítima apontou o revólver para as autoridades, que reagiram.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Por volta das 20h40min de sexta-feira, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo em via pública. Relatos dão conta de que uma família estava na rua, quando o vizinho idoso começou a gritar, pegou uma arma e atirou neles. Ninguém ficou ferido.

Quando os policiais chegaram, o homem estava em casa, com a arma na mão. As autoridades pediram para que ele largasse o revólver. Ao contrário, a vítima direcionou a arma para os policiais. Segundo a PM, "foi necessária uma ação rápida, com dois disparos para conter a iminente agressão letal contra os policiais".

O tiro atingiu a cabeça do idoso. Quando os Bombeiros foram acionados, ele já estava em parada respiratória. Os profissionais tentaram fazer a ressuscitação enquanto acionavam o Samu. Ainda no local, o médico declarou a morte.

> Vídeo mostra carro atropelando ciclistas em Joinville

A Polícia Civil informou que já instaurou o Inquérito Polícial para apurar as circunstâncias da morte da vítima. Perícias estão sendo feitas e os depoimentos serão colhidos durante a semana. Onze munições de calibre .22 foram encontradas no bolso da calça do agente. As investigações devem levar no máximo 30 dias.

Leia também

Saiba como denunciar crimes de stalking em Santa Catarina

Horário do UFC: luta de Paulo Borrachinha x Marcvin Vettori será a principal hoje

Cachorro soterrado até o pescoço no Vale do Itajaí é resgatado: "Só tinha focinho e olhos de fora"

Colunistas