nsc
dc

Feminicídio

Idoso que trancou companheira em casa e a matou a tiros em SC tem prisão preventiva decretada

Homem segue hospitalizado em Concórdia após ser atingido com um disparo no abdômen

24/11/2021 - 17h45

Compartilhe

Por Luana Amorim
Idosa foi assassinada pelo marido dentro de casa em Concórdia
Idosa foi assassinada pelo marido dentro de casa em Concórdia
(Foto: )

O idoso suspeito de matar a mulher com um tiro de espingarda em Concórdia, no Oeste catarinense, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça nesta quarta-feira (24). A vítima de 70 anos foi assassinada na segunda-feira (22). O homem, de 72 anos, será levado ao presídio após receber alta do hospital. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O crime aconteceu no bairro Catarina Fontana. Segundo a Polícia Militar, o homem foi encontrado trancado, em casa, com a mulher. Pela janela, a equipe percebeu que ele estava armado com uma espingarda. 

Além disso, de acordo com a PM, a todo momento o homem dizia que iria "matar a mulher". A equipe tentou conversar com o suspeito, para que liberasse a vítima, mas ele não atendeu aos pedidos e atirou contra ela, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Ainda de acordo com a polícia, ao entrar na casa depois dos disparos, o homem teria investido contra a equipe, momento em que ele foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdômen. Ele foi encaminhado ao hospital pelos bombeiros.

O processo, segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) tramita em segredo de justiça. O nome da vítima não foi divulgado. 

Leia também: 

Stalking faz uma vítima a cada cinco dias em SC

Número de feminicídios cai 30% em SC, mas pedidos de medida protetiva têm alta

Violência contra a mulher: especialistas apontam como mudar cenário de abusos em SC

Colunistas