nsc
dc

Tragédia

Investigação em Chapecó vai apurar morte de criança de caiu de prédio enquanto estava sozinha

Polícia Militar informou que a mãe o padrasto foram ao mercado e deixaram a menina em casa

09/04/2022 - 10h13 - Atualizada em: 09/04/2022 - 11h14

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Criança caiu do quarto andar e chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas não resistiu
Criança caiu do quarto andar e chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas não resistiu
(Foto: )

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para apurar as circunstâncias da morte de uma menina de cinco anos em Chapecó na noite desta sexta-feira (8). A criança caiu do quarto andar do prédio onde vivia com a mãe e o padrasto. A Polícia Militar informou que a pequena estava sozinha e os responsáveis tinha ido ao mercado.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

De acordo com o delegado Eder Mette, não foi possível colher o depoimento da mãe e do padrasto porque eles estavam bastante abalados com a situação. A expectativa é que os dois sejam ouvidos na Delegacia de Proteção à Criança ainda neste sábado (9). Outras testemunhas serão chamadas para prestar esclarecimentos.

Laudos periciais feitos pela Polícia Científica, que esteve no local, também vão subsidiar as investigações.

Ainda não há informações sobre o sepultamento da criança. No começo desta manhã o corpo ainda estava no Instituto Médico Legal.   

O acidente

Luna Victoriqui Jabotiero Carlota caiu da janela do prédio localizado no Centro de Chapecó por volta das 2h desta sexta-feira (8). Uma vizinha foi quem chamou o socorro. A mulher contou ter visto a criança na janela. Os bombeiros tentaram reanimar a garota, mas sem sucesso.

A Polícia Militar informou que a mãe da criança contou que ela e o marido foram ao mercado e teriam deixado a menina sozinha. O apartamento não tinha rede de proteção.

Leia também

Com faca colocada na boca e ameaça de morte, mulher vive noite de horror

Quem era o motorista que morreu após caminhão capotar em Chapecó

Trabalhador morre ao cair de prédio em construção em Itapema

Fuzis usados por criminosos vão reforçar armamento da polícia em SC

Colunistas