nsc

Tudo igual

JEC tem gol mal anulado e fica no 1 a 1 contra o Bangu na Série D; veja os lances

Empate no primeiro jogo dos mata-matas do Brasileirão deixa tudo aberto para a volta. Novo resultado igual em Joinville leva disputa para os pênaltis

11/09/2021 - 20h00 - Atualizada em: 11/09/2021 - 20h07

Compartilhe

Jota
Por Jota Deschamps
Bangu e Joinville ficaram no 1 a 1 no primeiro jogo da segunda fase da Série D.
Bangu e Joinville ficaram no 1 a 1 no primeiro jogo da segunda fase da Série D.
(Foto: )

O JEC ficou no empate em 1 a 1 contra o Bangu, neste sábado (11), no jogo de ida da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Fernando abriu o placar de cabeça para o Tricolor ainda no primeiro tempo, enquanto Rafael Carioca empatou para o Alvirrubro na etapa final no estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (assista aos melhores momentos abaixo). A decisão da vaga para as oitavas de final será no próximo sábado na Arena Joinville e quem vencer avança. Novo empate, por qualquer placar, leva a disputa para os pênaltis.

Melhor e mais consistente na primeira etapa, o JEC teve mais oportunidades que os donos de casa. Quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0, o Tricolor teve um gol mal anulado pelo auxiliar Marcyano da Silva Vicente, com um impedimento inexistente. Após jogada de Davi Lopes pela esquerda ele fez o cruzamento para a área, Helerson tocou de cabeça e a bola sobrou para Renan Oliveira, que empurrou para o gol.

Note - na imagem abaixo - que o jogador do Bangu que acompanhou Davi Lopes até a linha de fundo, no alto da imagem, dá condições de jogo para o camisa 31 do Joinville que está na risca da pequena área. A linha vermelha delimitada na arte pela CBN Joinville ajuda a identificar o espaço todo que o jogador do JEC tem em condição legal. Além deste gol mal anulado, o JEC saiu de campo também reclamando de um possível pênalti aos 23 minutos da primeira etapa, em que o árbitro Ronei Candido Alves marcou falta fora da área por poucos centímetros.

Linha vermelha ajuda a identificar o espaço que o jogador do JEC, na pequena área, tem de condição legal.
Linha vermelha ajuda a identificar o espaço que o jogador do JEC, na pequena área, tem de condição legal.
(Foto: )

O técnico Leandro Zago reconheceu que na primeira etapa o JEC foi mais eficiente do que na segunda, quando o Bangu conseguiu marcar melhor e ter mais a bola. Na entrevista coletiva após o jogo, ele citou o fato de o time ter feito "dois gols legais" e ainda ter tido um "possível pênalti", mas avaliou de forma positiva a atuação dos seus jogadores, apotando que apesar da equipe carioca ter melhorado na etapa final, o Tricolor não foi tão atacado.

— A nossa produtividade no primeiro tempo foi boa, não ótima [...]. E no segundo tempo o Bangu conseguiu um encaixe no nosso campo, a gente demorou um tempo pra conseguir se ajustar — comentou.

O jogo da volta, na Arena Joinville, será no sábado (18) às 15h. Quem vencer estará classificado para as oitavas de final da Série D. Em caso de novo empate, por qualquer placar, a decisão vai para os pênaltis.

Assista abaixo aos melhores momentos de Bangu 1x1 Joinville, jogo de ida da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

Imagens: CBF TV/Eleven Sports

Colunistas