nsc

Sonhando alto

Com apoio de Guga, tenista joinvilense Pedro Boscardin sonha em ser número 1 do mundo

Com apenas 18 anos, o atleta conquistou seu primeiro título profissional no fim de semana, em Rio do Sul, e já projeta desafios maiores

26/10/2021 - 12h21

Compartilhe

Jota
Por Jota Deschamps
Pedro Boscardin conquistou primeiro título profissional em Rio do Sul.
Pedro Boscardin conquistou primeiro título profissional em Rio do Sul.
(Foto: )

Ele tem só 18 anos e uma carreira de destaque nas categorias juvenis do tênis brasileiro e até no cenário mundial. O joinvilense Pedro Boscardin está finalizando o processo de transição e focando sua carreira agora nos torneios profissionais. No último domingo (24), ele conquistou seu primeiro título adulto no simples, em um torneio realizado na cidade de Rio do Sul-SC. Em entrevista à CBN Joinville nesta terça-feira (26), o tenista não escondeu que sonha grande e quer subir de patamar na carreira, até em ser o número 1 do mundo, mas mostra maturidade ao reconhecer que o foco precisa ser no trabalho diário.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

— O sonho sempre tem que estar bem claro, que é ganhar um Grand Slam, ser o número 1 do mundo, mas é muito importante viver o dia a dia, passo a passo [...]. Não pode deixar de almejar o nosso sonho, mas trabalhando duro tem mais chance de chegar lá — comentou.

Falando em tênis e conquistas, a ligação é óbvia com o nome de maior destaque do esporte no Brasil: Gustavo Kuerten. E a relação de Pedro Boscardin com o tricampeão de Roland Garros é próxima e de muito tempo, já que a mãe do joinvilense treinou durante anos com Guga e o atleta se aproximou da família. Além disso, Guga é muito próximo do técnico de Boscardin, Ricardo Schlachter, que já treinou o campeão. Após as conquistas nos torneios juvenis e de base, o joinvilense contou que vem recebendo ajuda do tricampeão nesta nova etapa da carreira.

— Agora que eu comecei no circuito profissional ele vem me apoiando muito, me ajudando bastante — falou. 

Após um período de transição entre competições adultas e juvenis, agora o foco de Pedro Boscardin é seguir no profissional. Com o título em Rio do Sul, o tenista subiu mais de 250 posições no ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e figura próximo do top 700. Ainda nos torneios juvenis, o joinvilense esteve presente em Roland Garros e também na grama de Wimbledon. Ele comentou a felicidade de ter passado por esses templos do tênis mundial, mas acredita que isso já ficou para trás e agora quer voltar a essas competições na categoria principal.

— É o sonho de todo atleta estar ali. Pisar na grama sagrada [Wimbledon] é uma sensação indescritível, é onde você sempre sonhou, sempre olhou pela tv [...]. Mas a gente sabe que é juvenil, né. Então tem que seguir trabalhando pra tentar chegar no profissional lá — destacou.

> Saiba como garantir seu ingresso para o jogo decisivo do JEC Futsal pela Liga Nacional

O tenista joinvilense ainda destacou as diferenças entre as competições de base e profissionais, falou sobre novas competições e projetou o futuro. Abaixo, confira a entrevista na íntegra dada por Pedro Boscardin ao CBN Mais.

O programa vai ao ar de segunda a sexta, das 11h ao meio-dia, na CBN Joinville, com Jota Deschamps, Fernando Gonçalves e Rodrigo Zimmermann.

Colunistas