nsc
an

Pandemia

Com 3 leitos de UTI disponíveis, Joinville e região atingem pior índice no mapa de risco da Covid-19

Indicador apontou para alta ocorrência de mortes e expansão da pandemia na região

14/01/2021 - 08h18 - Atualizada em: 14/01/2021 - 08h36

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Profissional da saúde em leito hospitalar
Profissional da saúde em leito hospitalar
(Foto: )

Joinville apresentou piora nos indicadores que medem a situação da pandemia na cidade. Em atualização na última quarta-feira (13) divulgada pela Secretaria Estadual da Saúde, a cidade aparece com risco potencial gravíssimo, com nota 4. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O indicador sentinela apresentou aumento de dois pontos nesta semana: passou de 2 para 4 pontos. Ou seja, alta ocorrência de mortes e expansão da pandemia. 

Da mesma forma, os demais indicadores também registram nota 4. Eles medem o nível de transmissibilidade; monitoramento e capacidade de atenção, que diz respeito à ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid.

> Sobe de 10 para 13 o número de regiões de SC em risco gravíssimo para coronavírus

Apenas 3 leitos de UTI disponíveis na região

Na última quarta-feira, a região Norte também registrou 100% de lotação em quase todos os leitos de UTI para pacientes adultos com Covid-19 em unidades públicas. Segundo dados estaduais, há apenas três disponíveis: um no Hospital Municipal São José de Joinville, um no Regional Hans Dieter Schmidt, também em Joinville; e um no Hospital São José de Jaraguá do Sul. 

Procurada pela reportagem, a Secretaria Estadual da Saúde ainda não emitiu posicionamento a respeito da lotação na região. Nesta quinta-feira (14), a Secretaria Municipal da Saúde de Joinville irá realizar uma coletiva de imprensa para mais informações sobre planejamento de vacinação e retorno às aulas na cidade. 

> Bolsonaro tentou sabotar medidas contra Covid-19, diz relatório da Human Rights Watch

Joinville já tem 52 mortes em 2021

Só em janeiro de 2021, Joinville já tem 52 mortes de pessoas que contraíram o vírus. No ano anterior, agosto foi o mês com maior número de óbitos, com 110. No total, a cidade é a com maior registros desde o início da pandemia em todo o estado: 555 óbitos. Em segundo lugar aparece Florianópolis, com 367. 

Colunistas