nsc
    an

    Pandemia

    Joinville prorroga restrições para supermercados, shoppings e outras atividades por mais sete dias

    Também ficam suspensos por mais uma semana os cinemas, teatros e outros eventos

    19/08/2020 - 07h15

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    Supermercados medem temperatura dos clientes
    Supermercados medem temperatura dos clientes
    (Foto: )

    Joinville prorrogou por mais sete dias as restrições já vigentes para supermercados e shoppings, além de academias, igrejas e templos religiosos por causa da pandemia do coronavírus. Também permanecem suspensos pelo mesmo prazo as atividades em cinemas, teatros, museus e outros eventos. Com isso, as restrições se mantêm até 25 de agosto.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    As regras previstas no decreto publicado na última terça-feira (18) incluem: o ingresso e permanência de pessoas em shoppings, supermercados e demais estabelecimentos de comércio varejista ou atacadista limitados a uma pessoa por família e a 30% da capacidade de público.

    Também continua limitada a 30% da capacidade de público a permanência de pessoas em academias, igrejas, templos e demais locais destinados à realização de cultos e serviços religiosos, além de serviços com atendimento presencial ao público. A exceção é para o trabalho de assistência à saúde.

    O município destaca ainda que a limitação de público previsto no decreto não desobriga os estabelecimentos do cumprimento das demais normativas e diretrizes sanitárias já publicadas anteriormente.

    O decreto ainda prorroga, por sete dias, a vigência da medida de suspensão das atividades em cinemas, teatros, casas noturnas e museus, assim como da realização de eventos sociais e corporativos, shows e espetáculos presenciais.

    > Profissionais da saúde protestam contra falta de ônibus para trabalhar em Joinville

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas