Uma jovem identificada como Laisa Gonçalves, de 20 anos, foi morta a tiros na manhã desta segunda-feira (13), assim que chegou para trabalhar, na localidade Linha Serraria Reato, interior de Chapecó, Oeste do Estado. O suspeito é o ex-companheiro dela, que foi identificado e preso em flagrante.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A jovem já havia registrado boletins de ocorrência contra o ex-companheiro por ameaça mas, segundo o Major Rafael Antônio da Silva, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar em Chapecó, não tinha medida protetiva.

Segundo informações da NSC TV, a vítima estava chegando ao trabalho quando foi atingida pelos disparos. Não foi divulgado o número de disparos, mas a jovem morreu na hora. A empresa que Laisa trabalhava não quis se manifestar.

Segundo a Polícia Militar (PM), mesmo depois da vítima alvejada e morta, o suspeito continuou atirando, até que a munição da arma acabasse.

Continua depois da publicidade

Crime que chocou cidade no interior de SC completa duas semanas: “Ficha ainda não caiu”

A arma usada no crime também já foi localizada e apreendida, segundo o Major Rafael. O suspeito foi preso em flagrante e, agora, a Polícia Civil deve investigar o caso.

Leia também

Jovem encontrada com mãos e pés amarrados foi morta por dívida de tráfico, diz delegado de Florianópolis

Irmão critica o outro e briga quase termina em assassinato em Itajaí

Destaques do NSC Total