nsc
dc

Tragédia

Jovem que morreu enquanto abatia porco em SC entrou na faculdade no início do ano: “Ele era perfeito”

Irmão da vítima conversou como Diário Catarinense e contou sobre a relação dela com a família

21/06/2022 - 17h43

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
Vinicius morreu aos 18 anos no sítio da família
Vinicius morreu aos 18 anos no sítio da família
(Foto: )

Vinicius Fioreze, jovem de 18 anos que morreu durante abate de um porco em Fraiburgo, no Oeste de Santa Catarina, tinha começado a faculdade no início do ano. Ele cursava Engenharia Química e estava no primeiro semestre do curso. Segundo a família, o jovem era "muito inteligente" e "tudo o que fazia era bem feito".

> Receba notícias do DC via Telegram

— Meu irmão só tinha qualidades. Todo mundo fala que não existe nada perfeito, mas ele era. Foi a vida inteira, ele era muito inteligente, tinha uma letra perfeita e tudo o que fazia, fazia bem feito — conta o irmão, Adriano Fioreze

No dia do incidente que terminou com a morte do jovem, toda a família estava no local. Eles abateriam o animal para um jantar, momento que é "tradição" da família, segundo o irmão.

> Tiro rebateu no chão antes de matar jovem durante abate de porco em SC, diz polícia

— Foi meio sem lógica o que aconteceu com o trajeto da bala. Não tem explicação, a bala atravessou a cabeça do porco, pegou em uma mureta, depois na parede e um pedaço dela acertou meu irmão — relembra.

A situação aconteceu no sítio da família. Segundo o delegado Thiago da Costa, que atendeu o caso inicialmente, o tio da vítima foi quem chamou o socorro após acertar o sobrinho acidentalmente com o disparo de arma de fogo. 

A mãe de Vinícius tinha saído do local do abate pouco tempo antes da tragédia acontecer.

— Minha mãe está arrasada, não tem palavras que conforte. É o tipo de coisa que vai levar anos para amenizar a dor, mas não existe cura pra isso (...) Éramos 101% ligados. Tudo nós conversavámos, o que era bom para nós. Não tinha nada meu ou teu, era tudo nosso — conta Adriano.

O irmão diz ainda que, para ele, Vinicius era perfeito.

— Todo mundo tem sua hora. Por isso temos que aproveitar a vida, fazer as coisas sempre certo e não fazer mal a ninguém — diz.

Nas redes sociais, a mãe do jovem disse que Vinícius "vai cuidar de todos agora que é uma estrelinha lá no céu": "Eu quero agradecer a todos neste momento tão triste que nós estamos passando. Não vou citar nomes porque foram tantos abraços e palavras de consolo, que eu quero dizer meu muito obrigada. Ele está com mamãe e o papai do céu que vai cuidar dele, e vai cuidar de todos nós agora que é uma estrelinha lá no céu. Vinícius Fioreze nós te amamos", escreveu.

Morte gerou comoções

Nas redes sociais, a morte de Vinicius gerou grandes comoções.

"Uma vida promissora com muitos sonhos a serem realizados, um jovem do bem. Um grande e inexplicável sentimento de pesar pela sua perda", escreveu Jonerval de Oliveira no Facebook.

"Vai ficar para sempre em nossas lembranças, um menino de ouro que tinha uma educação exemplar. Agora é um lindo anjo", comentou a amiga da vítima, Jéssica Vieira.

"Luto por um aluno querido, educado, dedicado e que vi se tornar uma grande homem". compartilhou uma professora de Vinicius.

Leia também

Menino com autismo morre após casa pegar fogo no Sul de SC

Mulher é condenada por matar idoso com taco de sinuca na noite de Natal em SC

Colunistas