nsc
an

Doação

Jovem de Joinville faz vaquinha para participar do Mundial de Pádel

Esporte tem crescido em Santa Catarina e jovens de Joinville se destacaram na modalidade

18/08/2021 - 06h00 - Atualizada em: 18/08/2021 - 16h27

Compartilhe

Por Marcelo Henrique
atletas de pádel
Luana e Leonardo foram convocados para representar o Brasil no Mundial de Pádel
(Foto: )

Dois jovens de Joinville estão entre os 24 atletas brasileiros convocados para disputar do torneio mundial de pádel no México, que vai ser realizado entre 20 a 26 de setembro. Luana Maul, de 16 anos, e Leonardo Becker, de 13, conseguiram a classificação e irão representar o Brasil. 

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Para conseguir viajar e participar do campeonato, a família de Luana criou uma vaquinha com o objetivo de ajudar nos custos. De acordo com Luiz Fernando Maul, pai da jovem, ao todo, o gasto previsto é de R$ 20 mil, sendo a passagem de avião uma das despesas mais altas:

- A passagem é cara, pois a região do torneio fica em área de quarentena. Custa em torno de 6 a 7 mil reais - explica.

Para representar o país, os joinvilenses não vão receber apoio da Confederação Brasileira de Pádel (Cobrapa). Quem vai ajudar é a entidade esportiva local, a Federação Mexicana de Pádel (Femepa), que ficará responsável pela alimentação e hospedagem dos atletas.

O início da trajetória de Luana no pádel foi curioso. Luiz conta que a filha jogava handebol, mas que ele e sua esposa praticavam pádel. Luana começou a se interessar pelo esporte jogado pelos pais e decidiu migrar para a outra modalidade.

Luiz revela que com essa decisão, Luana levou a sério o esporte e foi se destacando com o tempo:

- Em 2019, ela começou a treinar. Treinava forte, fazia três aulas por semana. Luana evoluiu muito rápido, ganhou campeonatos e jogava contra adultos - relata.

A convocação de Luana para o Mundial quase não aconteceu. Para disputar o campeonato, ela teve que passar por uma seletiva em Camaquã, no Rio Grande do Sul, e sua parceira de competição desistiu de participar nas vésperas do evento. Mas após entrar em contato com um atleta da região, Luana encontrou um parceiro e sua performance na seletiva rendeu a convocação para o Mundial.

raquetes de pádel
Pádel é jogado com raquetes de fibra de carbono
(Foto: )

Entenda mais sobre o pádel:

O pádel é um esporte que surgiu no México no final da década de 1960, mas se tornou popular na Argentina. É o segundo esporte mais praticado do país, fica atrás apenas do futebol, com quatro milhões de jogadores e 10 mil quadras espalhadas pela Argentina. No Brasil, pela proximidade com o território argentino, o pádel é muito forte na região Sul.  

O esporte é disputado por quatro jogadores divididos em duas duplas. Eles jogam com uma raquete curta de fibra de carbono, conhecida como pala e uma bola de tênis de baixa compressão.

Ele é praticado numa quadra retangular de 20 metros de comprimento e 10 metros de largura, cercada por paredes de vidro e malha, com uma rede central dividindo a quadra em duas e é demarcada por linhas brancas que servem para limitar o campo de jogo. O espaço tem um terço do tamanho de uma quadra de tênis.

quadra de pádel
Pádel é praticado por quatro jogadores em quadra dividida por uma rede central
(Foto: )

> Veja como receber a newsletter do A Notícia em seu e-mail

O jogo é bastante parecido com o tênis, mas existem regras diferentes no pádel como: os saques são realizados na altura das axilas e a bola pode quicar nas paredes que cercam a quadra. Esse uso das paredes torna o pádel um jogo bastante dinâmico, envolvendo movimentação constante por parte dos jogadores e um alto nível de concentração, pois a bola pode vir de todos os lados.

Geralmente uma partida de pádel tem de três a cinco sets, cada um deles com seis jogos. A pontuação é igual a da partida de tênis, o primeiro ponto do jogo é contado como 15, o segundo 30, o terceiro 40. A dupla que primeiro fizer o quarto ponto vence o jogo, desde que tenha uma diferença de dois pontos.

No pádel, ganha-se pontos quando:

A bola quica no chão duas vezes do lado do adversário;

O adversário bate a bola na rede;

O oponente bate a bola fora da área de jogo, ou seja, fora da quadra ou contra uma de suas paredes;

Um oponente é atingido pela bola.

Onde jogar pádel em Joinville:

Em Joinville, ele pode ser praticado nos seguintes espaços:

Mais Pádel Clube, na rua Alberto Bornschein, 143, bairro Glória;

Associação Desportiva Embraco (ADE), na rua Rui Barbosa, 925, bairro Costa e Silva;

G3 Academia, na rua Benjamin Constant, 1171, bairro América.

Como ajudar Luana a participar do Mundial de Pádel:

Entre em contato pelo telefone: (47) 99171-3175

Ou por contribuição financeira no Pix: 719.752.929-87

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também:

Joinville tem mais de 300 vagas de emprego abertas no Cepat

Acredito que em setembro a gente possa ter a volta do público", diz presidente do JEC

Colunistas