O juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília, condenou nesta segunda-feira (21), o hacker Walter Delgatti Neto, o ‘Vermelho’ no bojo da Operação Spoofing — apuração sobre a invasão de mensagens de autoridades como o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores da antiga força-tarefa da Operação Lava Jato. Agora pivô central de investigações que respingam no ex-presidente Jair Bolsonaro e em seus aliados, Delgatti pegou 20 anos e 1 mês de reclusão e 736 dias-multa.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do NSC Total no WhatsApp

A decisão abarca ainda outros cinco investigados da Operação Spoofing: Gustavo Henrique Elias Santos, Luiz Henrique Molição, Thiago Eliezer Martins Santos, Suelen Priscila de Oliveira e Danilo Cristiano Marques.

Com relação a Delgatti, o juiz da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília apontou “comprovação de materialidade e autoria” do crime de por parte de Walter Delgatti Neto do crime de invasão de dispositivo informático, “fato por ele confessado e que encontra respaldo probatório pela investigação realizada pela Polícia Federal”.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Continua depois da publicidade

Acesse também

Hacker diz à PF ter recebido R$ 40 mil de Carla Zambelli

Hacker e Cid, a dupla do pesadelo de Bolsonaro

Destaques do NSC Total