nsc
dc

Confira

Lucro do FGTS será distribuído a 106,7 milhões de pessoas; saiba se você tem direito

Passo a passo mostra como consultar o fundo de garantia

27/07/2022 - 17h08

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Consulta é feita através do app do FGTS
Consulta é feita através do app do FGTS
(Foto: )

A Caixa Econômica Federal começou a distribuir o lucro de 2021 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Ao todo, serão pagos R$ 13,2 bilhões a 106,7 milhões de trabalhadores.

Receba notícias do DC via Telegram

O índice de distribuição será de 0,02748761 sobre o saldo existente na conta em 31 de dezembro de 2021. Isso significa que, a cada R$ 100, devem ser creditados R$ 2,75 na conta.

Como fazer a consulta do FGTS 2021

A consulta para saber quanto irá receber na sua conta do FGTS é feita no aplicativo do Fundo de Garantia. No extrato, a informação estará como "AC Cred Distr Resultado Ano Base 12/2021". Logo em seguida virá o valor distribuído.

1 - Abra ou atualize o app FGTS

2 - Clique em "Entrar no aplicativo"

3 - Informe CPF e vá em "Próximo"; depois, digite sua senha e clique em "Entrar"

4 - Clique nas imagens solicitadas pelo aplicativo para confirmar que você não é um robô

5 - Na página inicial, abaixo, vá em "Meu FGTS"

6 - Na página seguinte, aparecerão todas as contas do Fundo de Garantia; para saber o valor depositado em cada uma, clique sobre cada conta; elas aparecem na seguinte ordem: primeiro, a atual empresa ou a última em que trabalhou; depois, as demais

7 - Vá em "Ver extrato"

8 - Em seguida, aparecerá a informação "AC Cred Distr Resultado Ano Base 12/2021" com o valor distribuído

9 - É possível gerar um PDF; para isso, vá em "Gerar Extrato PDF", à esquerda, em laranja

10 - No PDF, a informação sobre a distribuição dos lucros aparece apenas no final da última folha; role a barra para conferir os dados

Eleições 2022: veja 5 definições e 5 dúvidas que faltam ser respondidas nas chapas em SC

Quando sacar o dinheiro?

Os resultados obtidos em 2021 foram de R$ 13,3 bilhões. Serão distribuídos 99%, o maior volume desde 2017, quando o dinheiro começou a ser pago aos cotistas.

O saque dos valores não é imediato e só pode ser feito caso o trabalhador se encaixe em uma das 16 situações de liberação do FGTS, como na aposentadoria, demissão sem justa causa ou para a compra da casa própria, por exemplo.

Quanto o trabalhador poderá receber, em R$

Valor no FGTS - Valor a ser recebido (com arredondamento)

100 - 2,75

500 - 13,74

1.000 - 27,49

2.000 - 54,98

3.000 - 82,46

4.000 - 109,95

5.000 - 137,44

6.000 - 164,93

7.000 - 192,41

8.000 - 219,90

9.000 - 247,39

10.000 - 274,88

20.000 - 549,75

30.000 - 824,63

40.000 - 1.099,50

50.000 - 1.374,38

60.000 - 1.649,26

70.000 - 1.924,13

80.000 - 2.199,01

90.000 - 2.473,88

100.000 - 2.748,76

110.000 - 3.023,64

120.000 - 3.298,51

130.000 - 3.573,39

140.000 - 3.848,27

150.000 - 4.123,14

160.000 - 4.398,02

170.000 - 4.672,89

180.000 - 4.947,77

190.000 - 5.222,65

200.000 - 5.497,52

Pagamento foi adiantado

Por lei, o lucro do FGTS é depositado até o dia 31 de agosto do ano seguinte. Mas, por decisão do Conselho Curador do Fundo de Garantia, em reunião realizada na última sexta-feira (22), o pagamento está sendo adiantado em 2022.

A reunião foi realizada para que fosse apresentado o balanço do FGTS, com aprovação das contas e resolução sobre a distribuição do lucro. A ideia de pagar antecipadamente os valores foi de José Aguiar, da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

Segundo representante da Caixa, que é responsável por distribuir os valores, o adiantamento poderia ser feito assim que a resolução com a liberação do lucro fosse publicada, o que ocorreu nesta segunda-feira (25).

A resolução prevê que o agente operador do FGTS, ou seja a Caixa, deverá adotar as providências para que as contas vinculadas com direito recebam os créditos até o dia 31 de agosto de 2022.

​Rachas e confirmações marcam primeiras convenções para as eleições em SC

Quem tem direito ao lucro do FGTS?

Todos os trabalhadores com contas vinculadas ao FGTS, sejam elas ativas ou inativas, têm direito de receber o lucro do ano anterior. O pagamento é feito até o dia 31 de agosto de cada ano, para quem tinha saldo em 31 de dezembro do ano-base. Embora prevista em lei de maio de 1990, a distribuição do lucro foi regulamentada e começou a valer apenas em 2017.

*Reportagem de Cristiane Gercina

Colunistas