nsc
hora_de_sc

Na Guarda

Luta principal do UFC: Marina Rodriguez se diz pronta para encarar Mackenzie Dern

Atleta da Thai Brasil Floripa encara Mackenzie Dern neste sábado, dia 9

08/10/2021 - 14h33 - Atualizada em: 09/10/2021 - 10h57

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
Marina Rodriguez fará a sua segunda luta principal no UFC
Marina Rodriguez fará a sua segunda luta principal no UFC
(Foto: )

Marina Rodriguez faz a luta principal do UFC neste sábado, dia 9, contra a também brasileiro Mackenzie Dern. A atleta da Thai Brasil Floripa vai para o segundo main-event dentro da organização - no primeiro venceu Michelle Waterson -, e tenta se aproximar ainda mais do cinturão peso-palha (52kg).

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Direto de Las Vegas (EUA), local da luta, Marina falou sobre a preparação para o combate com Mackenzie, planos para o futuro e o desejo, quase obsessão, que é buscar o cinturão da categoria no UFC.

- Quando estreei no UFC só peguei lutadoras do grappling. Pra esa luta demos uma ênfase maior para defesa de queda, parte do jiu-jitsu, então na luta pode desenrolar em qualquer lugar que vou estar preparada, treinei muito pra isso. Queria entrar no UFC, convencer e lutar com as melhores. Não tem muito tempo pra perder, lutar só por fazer ou ganhar dinheiro, é lutar pra convencer e chegar no objetivo maior que é o cinturão - disse - disse.

Marina Rodriguez tem 34 anos, 14 vitórias, dois empates e apenas uma derrota. A caminhada dela, no entanto, começou tarde no mundo da luta. Ela, no entanto, entrou de cabeça e tem uma mente blindada, como já disse outras vezes. O foco dela é o cinturão.

> Catarinense Saimon Oliveira ganha luta e assina contrato com o UFC

- São nove anos desde que fiz a minha primeira luta de muay thai e o quanto isso influenciou na minha vida, ter uma profissão, um futuro na luta me fez perceber que tudo que eu fizer influencia no meu treino. Acabei levando naturalmente uma vida de atleta focadíssima. Enquanto não treino, descanso. Vai me chamar pra sair? Nem chama porque eu não vou. É um estilo de vida que me adaptei e sou muito feliz assim. Me deixa mais forte, confiante e focada no objetivo. Vou chegar no cinturão, conquistar o cinturão aí sim vou tirar um mês de férias, vou viajar, vou comer o que eu quiser e sem pensar em luta, mas só depois do cinturão - comentou.

Um mês?

- Um mês está bom, porque eu vou ter que defender o cinturão quando eu conquistar (risos) - finalizou.

Ouça a entrevista com Marina Rodriguez

Apesar de ser atleta de ponta na organização, Marina Rodriguez não tem patrocinadores, mas apoiadores. Ela relata uma realidade que é vivida por quem está no topo ou começando na carreira: a falta de patrocínio.

- Todo mundo pensa que quem está no UFC tem muitos patrocinados, parceiros, mas não é bem assim. Tenho meus parceiros que me ajudam, eu vou atrás deles, conto a minha história e o quanto serão importantes na minha caminhada rumo ao cinturão, mas ainda não consegui patrocinadores que me ajudem com dinheiro. A gente tem gastos, porque até lutar a gente só vai gastando. 

Card principal do UFC Dern x Rodriguez - 17h

Peso-palha (até 52,6kg): Mackenzie Dern x Marina Rodriguez 

Peso-meio-médio (até 77,6kg): Randy Brown x Jared Gooden

Peso-mosca (até 57,2kg): Tim Elliott x Matheus Nicolau 

Peso-mosca (até 57,2kg): Sabina Mazo x Mariya Agapova 

Peso-galo (até 61,7kg): Chris Gutierrez x Felipe Cabocão 

Card preliminar - 15h

Peso-pesado (até 120,7kg): Alexandr Romanov x Jared Vanderaa 

Peso-pena (até 66,2kg): Charles Rosa x Damon Jackson

Peso-palha (até 52,6kg): Lupita Godinez) x Silvana Juarez 

Peso-leve (até 70,8kg): Charlie Ontiveros x Steve Garcia Jr. 

Colunistas