O feriadão de Finados deve atrair mais de 1,4 milhão de motoristas, que devem passar pela rodovia BR-101 em Santa Catarina. A previsão é das concessionárias Arteris Litoral Sul e CCR Via Costeira, que administram os trecho da rodovia federal no Estado.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Só no trecho administrado pela Arteris (até Florianópolis), a previsão é de mais de 730 mil veículos. O maior fluxo deve ser no domingo (5), quando 230 mil motoristas devem passar pelo trecho. A quinta-feira (2) também deve ser de fluxo intenso: 198 mil veículos.

Já a CCR Via Costeira estima que 680 mil veículos passem pelo trecho Sul da BR-101, entre esta quarta-feira (1º) e o domingo (5).

Quando deve ser o maior fluxo

A CCR ainda estima quando o trecho deve ter o fluxo mais intenso: na quarta, a possibilidade é que o tráfego seja maior a partir das 14h, quando quase 77 mil veículos devem seguir rumo a Florianópolis, sentido Norte.

Continua depois da publicidade

Já na quinta-feira (2), Dia de Finados, o maior fluxo de veículos deve ser no sentido Sul, com cerca de 76 mil veículos transitando no horário de pico, que deve ser entre 8h e 14h.

Já no domingo (5), o horário de pico deve ser entre 10h e 20h, com cerca de 93 mil veículos transitando no sentido Sul da rodovia.

Trechos de atenção

A Arteris informa ainda quais trechos devem ter mais atenção dos motoristas. Os maiores cuidados devem ser em trechos de subida ou descida, e a recomendação é para manter a distância de segurança entre os veículos.

Em Santa Catarina, o trecho que exige mais atenção são os trechos urbanos da BR-101, que, devido ao trânsito intenso, podem gerar a diminuição repentina da velocidade.

Continua depois da publicidade

Operação da PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, na quarta-feira (1º), a Operação Finados em todas as rodovias federais. Até 23h59 de domingo (5), policiais estarão nos trechos com maior incidência de acidentes e crimes.

Na quinta (2), a corporação espera que haja concentração maior de veículos próximo a cemitérios, às margens de rodovias federais. São eles:

Na BR-101:

  • km 201, em Barreiros (São José),
  • km 230, na Enseada do Brito (Palhoça)
  • km 437, em Sombrio
  • km 450, em Santa Rosa do Sul

Na BR-116:

  • km 222, em Correia Pinto

Na BR-280:

  • km 188, em Mafra

Na BR-282:

  • km 221, no Parque da Saudade (Lages)

Na BR-470:

  • km 50, em Salto do Norte (Blumenau)

Além da fiscalização nestas áreas, a PRF também fiscaliza, nos trechos com maior incidência de acidentes e crimes, itens básicos como uso de cinto de segurança, além de fiscalizar excesso de velocidade, motoristas alcoolizados e ultrapassagens indevidas.

Continua depois da publicidade

Cuidados para quem vai viajar

  • Faça uma revisão nos principais itens relacionados à segurança do veículo: pneus, freios, luzes, óleo e combustível;
  • Descanse bem antes de assumir a direção do veículo;
  • Consulte a validade da documentação pessoal e do veículo. Desde outubro, alguns estados começaram a cobrar o licenciamento 2023;
  • Todos os ocupantes do veículo devem utilizar o cinto de segurança. As crianças precisam ser transportadas no dispositivo adequado ao peso e idade de cada uma (bebê-conforto, cadeirinha ou assento de elevação);
  • Condutores de motocicletas devem usar capacete com viseira e bem afixado à cabeça, roupas que ajudem na proteção em caso de queda e calçados fechados;
  • Obedeça à sinalização e as normas de trânsito, respeitando os limites de velocidade, só ultrapassando em locais permitidos e com segurança, além de jamais misturar bebida alcoólica e direção;

Rodovias estaduais

Ainda há pelo menos cinco trechos de rodovias estaduais interditadas nesta terça-feira (31), segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv):

  • SC-A155B, Seara sentido Itá – interditada por risco de queda de barreira no km 0,9;
  • SC-A470A, Mirim Doce – ponte de acesso ao município no km 3,6 interditada;
  • SC-110, Urubici – interditada para caminhões pesados por erosão no km 381;
  • SC-350, Taió – interditada por alagamento no km 293;
  • SC-390, Lauro Müller – interditada para caminhões pesados por deslizamento de encosta no km 406.

Leia também

UFSC tem usina de energia sustentável que pode substituir o petróleo

Florianópolis descredencia mais de 100 ambulantes por falsificação de documentos

Semana será marcada por temporais e chuvas acima de 100 mm em SC

Destaques do NSC Total