Membros de uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas dentro e fora de presídios catarinenses foram presos na manhã desta terça-feira (9). Ao todo, segundo o delegado regional e da DIC de Campos Novos, Adriano Almeida, foram 43 pessoas presas por mandado de prisão, e mais duas em flagrante.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

As prisões ocorreram na operação “Anjo Negro”. A ação tinha como objetivo cumprir 49 mandados de prisão e 44 mandados de busca e apreensão contra as pessoas apontadas como membros da organização criminosa.

As investigações começaram em novembro de 2022. Segundo o delegado, as pessoas investigadas faziam parte de uma rede complexa de pessoas ligadas ao tráfico de drogas em Campos Novos e Chapecó, no Oeste de Santa Catarina; Brusque, no Vale do Itajaí; Celso Ramos, na Serra; e em Joinville e Araquari, no Norte do Estado.

Ao todo, cerca de 200 policiais civis atuaram na operação, com apoio ainda do Serviço Aeropolicial (SAER) e do Núcleo de Operações com Cães (NOC).

Continua depois da publicidade

Leia também

Homem é baleado enquanto esperava ônibus ao lado do filho no Oeste de SC

Saiba quem é Bruno, jovem que matou a mãe por herança e foi tema do Linha Direta

Destaques do NSC Total