nsc
    santa

    Violência

    Marido ameaça esposa com foice e acaba preso em mais um caso de violência doméstica no Vale

    Segundo a PM, homem teria dito que iria ‘cortar a cabeça da mulher’ caso ela ligasse para o 190

    02/06/2020 - 06h32 - Atualizada em: 02/06/2020 - 07h20

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    ­
    ­
    (Foto: )

    Mais dois casos de violência doméstica foram registrados nesta segunda-feira (1º), dessa vez nas cidades de Benedito Novo e Pomerode, ambas no Médio Vale do Itajaí. O primeiro caso teria ocorrido por volta das 11h e, segundo a Polícia Militar, foi motivado por ciúmes.

    Leia também: Homem queima boca da esposa com cigarro em caso de violência doméstica em Blumenau

    Um homem teria quebrado o celular da esposa e, logo depois, a agredido. A mulher tentou deixar o local para registrar a ocorrência, mas foi impedida. Ela relatou que o marido a ameaçava com uma foice e dizia que caso ela fosse à polícia, ele iria ‘cortar o pescoço’ — conforme informações que estão no relatório da PM.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    A irmã da vítima presenciou a ação do agressor e ligou para o 190 que, ao chegar no local, prendeu o homem. Ambos foram levados para a Delegacia de Timbó para os procedimentos legais e a mulher foi orientada sobre os direitos nesse tipo de situação.

    Um outro caso no Médio Vale ocorreu em Pomerode. Na região do Ribeirão Herdt, por volta das 8h30min, uma mulher foi ameaçada pelo ex-companheiro e apresentava vermelhidão e um arranhão no braço direito. Por conta disso o homem foi detido e também levado para a Delegacia.

    Números importantes

    Polícia Militar

    - Telefone 190: quando presenciar ou vivenciar algum episódio de violência contra a mulher.

    Rede Catarina

    - Telefone 3378-9047 e e-mail 10bpmredecatarina@pm.sc.gov.br: para receber acompanhamento da polícia ou buscar orientação sobre as ferramentas de proteção à mulher.

    Central de Atendimento para Mulher em Situação de Violência

    - Telefone 180: para buscar orientação sobre direitos e serviços públicos à população feminina, bem como para denúncias ou relatos de violência.

    Delegacia de Polícia de Proteção a Mulher, Criança e Adolescente

    - Telefone 3329-8829: para registrar ocorrência de violência contra a mulher, bem como requerer medidas protetivas e iniciar processos contra agressores.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas