nsc
dc

Tragédia

Marília Mendonça achava avião que caiu em MG "muito instável”, diz amigo

A aeronave trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros

05/11/2021 - 18h12

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
A cantora dentro do avião em vídeo gravado pouco antes do acidente
A cantora dentro do avião em vídeo gravado pouco antes do acidente
(Foto: )

Apesar de se mostrar feliz e animada para viajar com destino a Minas Gerais nesta sexta-feira (5), Marília Mendonça já havia revelado a amigos próximos que não gostava de voar em aeronaves do modelo King Air. A cantora, que vendeu seu jatinho durante a pandemia, não conseguiu alugar outra aeronave e acabou indo contra sua vontade mais íntima.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

> Relembre a carreira de Marília Mendonça, cantora morta em acidente aos 26 anos

— Marília não anda em King Air, por ser instável. Não conseguiu um jato e foi nesse mesmo— disse um amigo ouvido pela coluna LeoDias.

O avião no qual Marília viajava, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. Trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Morte de Marília Mendonça gera repercussão de famosos nas redes sociais

Encher o tanque de gasolina está 91 reais mais caro em SC

Exames de Bolsonaro ficarão secretos por 100 anos por determinação do Planalto

Gasolina passou de R$ 2,74 para R$ 6,40 em SC desde 2011; veja linha do tempo

Colunistas